Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação molecular das espécies do gênero Hyphessobrycon (Characifomes: Characidae) da Bacia do Prata

Processo: 11/17189-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2011
Vigência (Término): 31 de outubro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Tatiane Casagrande Mariguela
Beneficiário:Laura Borgatto Delgado
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Filogenia molecular

Resumo

A bacia do Rio Prata é a quinta maior bacia hidrográfica do mundo e a segunda maior do continente Sul Americano, englobando importantes drenagens presentes em cinco países: Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai e Uruguai. Os três principais rios que formam a bacia do Rio Prata são o Paraná, o Paraguai e o Uruguai. Apesar de sua extensão e importância, os levantamentos ictiofaunísticos realizados nesses rios, como nas outras grandes bacias hidrográficas brasileiras, são ainda incompletos. Além disso, não existe consenso acerca do status taxonômico de muitas espécies listadas nesses levantamentos. Estudos recentes têm proposto o uso do gene mitocondrial Citocromo C Oxidase Subunidade I (COI) como um sistema global de identificação para as plantas e animais. Essas sequências têm sido interpretadas como um código de barras (DNA barcode), com as espécies sendo delimitadas por uma sequência particular ou por um conjunto de sequências muito similares. O gênero Hyphessobrycon, o segundo maior gênero de Characidae, englobando cerca de 130 espécies, possui 25 espécies listadas na bacia do Prata. Dentre essas espécies, muitas são encontradas em outras bacias importantes, tais como bacia do São Francisco e bacia Amazônica. Considerando os dados bastante promissores, obtidos para diversos grupos de plantas e animais com o uso do método de DNA barcoding, considerando a ampla diversidade de peixes da bacia do Prata, considerando o ainda escasso conhecimento que se tem sobre essa importante fauna de peixes e considerando o impacto ambiental que a bacia vem enfrentando ao longo de sua história, o presente projeto tem por meta realizar o sequenciamento do segmento parcial do gene COI para todas as espécies de Hyphessobrycon encontradas na bacia do Prata, com o objetivo de criar um sistema de identificação molecular das espécies presentes nessa bacia e também visando um aprimoramento no conhecimento da biodiversidade do grupo.