Busca avançada
Ano de início
Entree

Validação de metodologia analítica para a quantificação simultânea de avobenzona e p-metoxinamato em fotoprotetores utilizando ressonância magnética nuclear

Processo: 11/20784-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Maria Valeria Robles Velasco
Beneficiário:Gabriela Maria D Angelo Costa
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Cosmetologia   Ressonância magnética nuclear

Resumo

Os fotoprotetores são utilizados para prevenir os danos causados pela radiação solar, protegendo a pele dos efeitos adversos agudos e crônicos. Para uma ação efetiva de fotoproteção, são associados pelo menos dois tipos de filtros químicos que absorvem a radiação em diferentes regiões espectrais (UVA ou UVB). A avobenzona é utilizada como filtro UVA e o para-metoxicinamato de octila como filtro UVB. Algumas substâncias naturais favorecem a elevação da proteção contra a radiação UVA e UVB, associadas ou não a filtros solares químicos. A rutina é um flavonóide empregado tradicionalmente como potente antioxidante e devido a similaridade dos espectros de absorção na região UV apresenta potencial para exercer atividade fotoprotetora, podendo proporcionar a diminuição da concentração de filtros químicos em formulações com este objetivo. A quantificação dos filtros solares químicos é um importante parâmetro na avaliação da estabilidade de formulações fotoprotetoras, sendo que a espectroscopia de ressonância magnética nuclear (RMN) oferece a possibilidade de quantificação e observação de alterações de grupos moleculares durante o estudo de estabilidade.