Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo de Evolução de Turfeiras da Serra do Espinhaço Meridional num contexto Pedológico, Geomorfológico e Geoquímico

Processo: 11/21191-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Pablo Vidal Torrado
Beneficiário:Jose Ricardo da Rocha Campos
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):12/19946-9 - Uso do radar de penetração do solo (GPR) para estudo do controle estratigráfico sobre a formação de paleoturfeiras, BE.EP.DR
Assunto(s):Matéria orgânica

Resumo

A Serra do Espinhaço Meridional (SdEM) é constituída, principalmente por quartzitos, filitos e metaconglomerados pertencentes ao Supergrupo Espinhaço. Em áreas deprimidas da paisagem, a temperatura amena, a drenagem deficiente e a existência de espécies vegetais adaptadas a tais condições propiciam a formação de turfeiras, caracterizadas por apresentarem elevados teores de matéria orgânica. Este ecossistema abriga várias espécies endêmicas e funciona como um importante arquivo de mudanças climáticas e da vegetação, além de atuar diretamente sobre a dinâmica da água na bacia em que se insere. Este trabalho propõe estudar o modelo de evolução das turfeiras, baseado na hipótese de que estas se originaram no quaternário recente em depressões formadas em superfícies de aplanamento a partir da morfogênese do relevo sobre materiais geológicos com diferente susceptibilidade ao intemperismo e à erosão. Esta diferença dos litotipos, aliada à condição de clima e relevo, gera erosão diferencial fazendo com que o quartzito seja ressaltado na paisagem e sirva como arcabouço rochoso pouco permeável possibilitando a formação de um ambiente oligotrófico e redutor necessário à gênese das turfeiras. Uma área representativa da SdEM foi delimitada e a partir da análise dos mapas geológicos, geomorfológicos e imagens de satélites, turfeiras atuais e enterradas (paleoturfeiras) representativas serão selecionadas e amostradas. Serão realizadas datações por LOE (sedimentos) e datações radiocarbônicas (M.O). Para se verificar a influência do substrato rochoso na geoquímica das turfeiras será rastreado o material fonte de sedimentação por meio de análises químicas totais e mineralógicas da fração mineral. Na água intersticial serão analisados o pH, a condutividade elétrica, cátions dissolvidos e carbono por autoanalisador TOC. Pretende-se gerar um modelo de evolução que ajude a compreender os principais elementos que fazem da região um ambiente propício à formação de turfeiras.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMPOS, JOSE R. DA R.; VIDAL-TORRADO, PABLO; MODOLO, ALCIR J. USE OF GROUND PENETRATING RADAR TO STUDY SPATIAL VARIABILITY AND SOIL STRATIGRAPHY. Engenharia Agrícola, v. 39, n. 3, p. 358-364, MAY-JUN 2019. Citações Web of Science: 0.
DA ROCHA CAMPOS, JOSE RICARDO; SILVA, ALEXANDRE CHRISTOFARO; NANNI, MARCOS RAFAEL; DOS SANTOS, MARCILENE; VIDAL-TORRADO, PABLO. Influence of the structural framework on peat bog distribution in the tropical highlands of Minas Gerais, Brazil. CATENA, v. 156, p. 228-236, SEP 2017. Citações Web of Science: 2.
DA ROCHA CAMPOS, JOSE RICARDO; SILVA, ALEXANDRE CHRISTOFARO; SLATER, LEE; NANNI, MARCOS RAFAEL; VIDAL-TORRADO, PABLO. Stratigraphic control and chronology of peat bog deposition in the Serra do Espinhaco Meridional, Brazil. CATENA, v. 143, p. 167-173, AUG 2016. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMPOS, Jose Ricardo da Rocha. Relações entre morfoestratigrafia e hidrologia na formação das turfeiras da Serra do Espinhaço Meridional (MG). 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.