Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação por elementos finitos de tensões ocorridas em diferentes seções transversais do sistema de retenção overdenture tipo barra-clipe com desajuste vertical

Processo: 11/16470-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Rafael Leonardo Xediek Consani
Beneficiário:Moises da Costa Ferraz Nogueira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Revestimento de dentadura

Resumo

Em próteses sobre implante, o assentamento passivo é imperativo para o sucesso desse tipo de reabilitação a longo do prazo, seja em próteses parciais fixas, totais fixas e overdententures com sistema de retenção barra-clipe. Entretanto, a obtenção do assentamento passivo nem sempre é uma realidade devido a problemas inerentes da própria confecção da infra-estrutura/prótese. Quando o assentamento passivo não existe, a infra-estrutura fica insuficientemente adaptada ao ser instalada e ao receber o torque de assentamento propaga tensões que são transmitidas para todo o sistema de osseointegração. Este trabalho propõe avaliar por meio de elementos finitos as tensões geradas em overdentures com sistema de retenção tipo barra-clipe variando os seguintes fatores: 1- desajuste vertical (10, 50, 100 µm); 2- diferentes materiais da barra (Au tipo IV, Ag-Pd, Ti comercialmente puro e Co-Cr); e 3- diferentes seções transversais da barra (cilíndrica, tipo Hader e em gota). Os modelos tridimensionais de estudo serão confeccionados com software de modelagem 3-D (SolidWorks 2010, USA) e exportados para um software específico de análises (ANSYS Workbench 12, USA). Um deslocamento simulando o torque de aperto do parafuso será realizado até que a infra-estrutura assente adequadamente na plataforma protética. Todas as análises serão realizadas objetivando a obtenção da Tensão Máxima Principal e a tensão de von Mises, em MPa. Os resultados obtidos serão apresentados de forma qualitativa por meio da análise de figuras mostrando a distribuição das tensões por gradiente de cores e também quantitativa por meio da leitura numérica em software das tensões em determinadas regiões dos modelos.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.