Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade de HPV e risco de câncer

Processo: 12/01513-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Bioquímica de Microorganismos
Pesquisador responsável:Laura Cristina Sichero Vettorazzo
Beneficiário:Julio Cesar Betiol
Instituição-sede: Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (ICESP). Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Infecções por Papillomavirus   Prevalência

Resumo

A evolução dos HPV está intimamente relacionada ao tropismo e potencial carcinogênico viral. Os HPV do gênero alfa-papilomavírus infectam as mucosas anogenital e oral, e alguns genótipos de HPV deste gênero causam aproximadamente todos os casos de câncer cervical, e de outras regiões anogenital e extragenital. Estes tipos de HPV, classificados como de alto risco oncogênico, pertencem a 5 espécies distintas: alfa-5, -6, -7, -9 e -11. Ainda assim, dentro de cada espécie, comportamentos tipo-específicos de persistência e carcinogênese são observados. Em um nível taxonômico ainda mais refinado, variantes moleculares de HPV-16 evoluíram de maneira a obter diferenças claras no que concerne a persistência do DNA viral e o risco de desenvolvimento de lesão de colo uterino de alto grau. Contudo, pouco se sabe a respeito da história natural de variantes de outros tipos que não HPV-16 e -18. Assim, este projeto tem por objetivo caracterizar a diversidade de genomas de HPV em amostras de tumores genitais e de cabeça e pescoço. Mais especificamente objetiva-se: (1) Identificar a prevalência dos diversos tipos de HPV em uma série de amostras de tumores genitais e de cabeça e pescoço; (2) Identificar as variantes moleculares presentes nos casos de infecção por alguns tipos de HPV do clado de alto risco oncogênico das espécies alfa-9 (HPV-16, -31, -35, -52 e -58), alfa-7 (HPV-18 e -45), e alfa-6 (HPV-56) nestas amostras; (3) Identificar tipos e variantes de HPV associados com tipos histológicos específicos; e (4) Verificar se a prevalência dos diversos tipos e variantes de HPV sofreu alterações durante as últimas 4 décadas (1970-2010). A informação acerca da prevalência e distribuição tipo-específica de HPV é altamente desejada a fim de avaliar o impacto das vacinas profiláticas HPV tipo-específicas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BETIOL, JULIO C.; SICHERO, LAURA; DE OLIVAL COSTA, HENRIQUE O.; DE MATOS, LEANDRO L.; ANDREOLI, MARIA A.; FERREIRA, SILVANEIDE; FARAJ, SHEILA F.; DE MELLO, EVANDRO S.; SOBRINHO, JOAO S.; BRANDAO, LENINE G.; CERNEA, CLAUDIO R.; KULCSAR, MARCO A.; PINTO, FABIO R.; GONCALVES, ANTONIO J.; MENEZES, MARCELO B.; SILVA, LEONARDO; ROSSI, LIA M.; LIMA NUNES, RAFAELLA A.; TERMINI, LARA; VILLA, LUISA L. Prevalence of human papillomavirus types and variants and p16(INK4a) expression in head and neck squamous cells carcinomas in Sao Paulo, Brazil. INFECTIOUS AGENTS AND CANCER, v. 11, MAY 4 2016. Citações Web of Science: 5.
BETIOL, J.; VILLA, L. L.; SICHERO, L. Impact of HPV infection on the development of head and neck cancer. Brazilian Journal of Medical and Biological Research, v. 46, n. 3, p. 217-226, Mar. 2013. Citações Web of Science: 18.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.