Busca avançada
Ano de início
Entree

Grafeno com moléculas adsorvidas: propriedades de transporte na utilização em transistores de rádio frequência e no uso em sensores

Processo: 12/12242-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Adalberto Fazzio
Beneficiário:Alexsandro Kirch
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Transporte eletrônico   Problemas de muitos corpos   Teoria do funcional da densidade   Grafenos   Simulação por computador

Resumo

O presente projeto tem como base os recentes estudos publicados sobre o uso do grafenoem dispositivos semicondutores. Importantes passos estão sendo dados no sentido dautilização do grafeno na construção de transistores e o grande interesse é devido a mol-idade eletrônica, que se apresenta muito maior nesse do que no silício, utilizado nostransistores atuais. Devido a essa caracterísitca, os transistores de grafeno mostram-seideiais no uso em telecomunicações de rádio frequência, já que esses permitiriam muitomais velocidade de troca de informação. Porém, muito precisa ser pesquisado para aefetiva utilização do grafeno em dispostivos eletrônicos e, o presente projeto busca darum importante passo nesse sentido. As propriedades eletrônicas e de transporte dografeno em transistores foram amplamente estudadas por meio de simulação computa-cional, sendo utilizado para isso a Teoria do Funcional da Densidade, implementada nocódigo computacional SIESTA, em conjunto com a Teoria das Funções de Green Forado Equilibrio por meio do código TRANSAMPA. Pretende-se avançar nesses estudos,agora não utilizando o grafeno puro, mas sim com defeitos e moléculas adsorvidas nomesmo, am de compreender como as propriedades eletrônicas e de transporte variamem comparação com o grafeno puro nesses transistores. Se de fato houver uma mu-dança nessas propriedades, pode-se propor o grafeno como um sensor de moléculas e umamplo estudo será feito nesse sentido, com diferentes tipos de moléculas, procurandoentão associar a cada tipo de molécula adsorvida no grafeno uma corrente determinadapela Teoria do Transporte Eletrônico. Tal estudo mostra-se tanto importante para aconstrução de transistor quanto da construção de sensores.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
KIRCH, Alexsandro. Propriedades eletrônicas em nanossistemas baseados em nanotubos de carbono e grafeno. 2014. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Física São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.