Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo e caracterização de compósitos cerâmicos do sistema BaTi1-xZrxO3

Processo: 12/16845-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2012
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Eduardo Antonelli
Beneficiário:Larissa Rodrigues Mendes
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/08497-6 - Síntese de cerâmicas ferroelétricas com transição de fase acoplada, AP.JP
Assunto(s):Materiais ferroelétricos   Cerâmica (materiais cerâmicos)   Dielétricos

Resumo

A substituição do Zr4+ na rede do BaTiO3 (BT) tem um importante efeito nas transições de fase deste material, fazendo com que a temperatura de Curie se desloque para temperaturas mais baixas, enquanto que as outras duas transições do BT se deslocam para mais altas temperaturas. Desta forma, é possível sintonizar a temperatura em que os picos, decorrentes destas transições, são observados na curva de permissividade elétrica. Entretanto, uma vez que estes valores de permissividade mais altos são observados em uma estreita faixa de temperatura, a aplicação destes materiais em dispositivos eletrônicos faz com que estes fiquem susceptíveis a flutuações de temperatura. Entre as diversas possibilidades propostas para se aperfeiçoar as propriedades do BT, a produção de materiais onde coexistam diferentes fases ferroelétricas tem atraído grande atenção. Neste projeto, propomos projetar, preparar e estudar materiais onde coexistam fases ferroelétricas do sistema Ba(ZrxTi1-x)O3 (BZT). As amostras deverão ser preparadas na forma de materiais com gradiente de composição funcional, variando de um lado a outro da amostra. Com as amostras preparadas, realizaremos o estudo das propriedades ferroelétricas e dielétricas nestes materiais, principalmente explorando as características das transições de fases. Além disso, empregando essa abordagem, também poderemos estudar e discutir a influência das interfaces nas propriedades dos materiais. Criam-se como expectativas a produção de novos materiais com melhores propriedades. Neste contexto, esta proposta se mostra inovadora na produção de materiais isentos de chumbo para as mais diversas aplicações. (AU)