Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre o sistema neural histaminérgico e colinérgico na amídala de camundongos: modulação da memória emocional

Processo: 12/10913-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2012
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Fisiológica
Pesquisador responsável:Rosana Mattioli
Beneficiário:Kelly Regina Serafim
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Psicobiologia   Esquiva inibitória   Memória emocional   Labirinto em cruz elevado

Resumo

Este trabalho investigará a interação entre o sistema neural histaminérgico e o colinérgico na modulação da memória emocional em camundongos, utilizando dois modelos experimentais, o labirinto em cruz elevado (LCE) e a esquiva inibitória (EI). Será realizada uma cirurgia para implantação bilateral das cânulas-guia, e após a recuperação de 5 dias, os animais receberão o tratamento farmacológico que será realizado em dois experimentos: Experimento 1: os animais receberão microinjeções intra-amídala de SAL ou escopolamina, antagonista colinérgico muscarínico (0,02¼g/0,1¼l), e após 10 minutos (min) infusões de SAL ou Histamina (dose a definir), pré-teste; Experimento 2: Inicialmente, os animais receberão microinjeções intra-amídala de SAL ou CPA (0,16 ¼g/0,1¼l), pré-teste. Numa segunda etapa, serão realizadas microinjeções de SAL ou CPA, e após 5 min infusões do agonista colinérgico nicotínico PNU 282987 (0,3¼g/0,1¼l). A confirmação da interação entre os dois sistemas na modulação da memória emocional determinará outra investigação, se a microinjeção do PNU-282987 ativa a fosforilação do fator de transcrição CREB, utilizando a técnica de Western Blotting (experimento 3). Os camundongos serão submetidos ao LCE (experimento 1A e, 2A) e a EI (experimento 1B, 2B). Realizados em 2 dias consecutivos, ambos os experimentos consistem na exposição dos sujeitos ao equipamento (T1 ou D1) e, 24 h depois, na sua reexposição (T2 ou D2). O índice de memória no LCE será definido como a diminuição da exploração dos braços abertos na reexposição (T1/T2); e para o teste de EI, o aumento das latências será considerado indicativo da aprendizagem da tarefa de esquiva.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FERNANDES, C. E. M.; SERAFIM, K. R.; GIANLORENCO, A. C. L.; MATTIOLI, R. Cholinergic agonist reverses H1-induced memory deficit in mice. PROGRESS IN NEURO-PSYCHOPHARMACOLOGY & BIOLOGICAL PSYCHIATRY, v. 72, p. 16-22, JAN 4 2017. Citações Web of Science: 1.
SERAFIM, K. R.; RUSSO, P. S. T.; FERNANDES, C. E. M.; GIANLORENCO, A. C. L.; MATTIOLI, R. Intra-amygdala microinjections of chlorpheniramine impair memory formation or memory retrieval in anxiety- and fear-mediated models. Brain Research Bulletin, v. 125, p. 127-133, JUL 2016. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.