Busca avançada
Ano de início
Entree

Como o cérebro de Apis mellifera Lineu, 1758 (Hymenoptera, Apidae) responde á dose subletal de tiametoxam?

Processo: 13/07251-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência (Início): 01 de maio de 2013
Vigência (Término): 31 de agosto de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Zoologia Aplicada
Pesquisador responsável:Thaisa Cristina Roat
Beneficiário:Thaisa Cristina Roat
Instituição-sede: Centro de Estudos de Insetos Sociais (CEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/13370-8 - Como o cérebro de Apis mellifera (Lineu, 1758) (Hymenoptera, Apidae) responde à dose subletal de tiametoxam?, AP.JP
Assunto(s):Sistema nervoso   Toxicologia   Neonicotinóide

Resumo

A polinização realizada por Apis mellifera é extremamente importante no cenário ecológico, bem como na agricultura. No entanto, alguns compostos xenobióticos, tais como tiametoxam, introduzido em agroecossistemas, são tóxicos para as abelhas e podem causar o desaparecimento em massa de colônias, comprometendo o processo de polinização e, portanto, causando um desequilíbrio ambiental. Entre os pesticidas mais utilizados, destaca-se o tiametoxam que age no sistema nervoso dos insetos. Com base neste contexto, este estudo tem por objetivos avaliar a toxicidade por ingestão do tiametoxam para estas abelhas e investigar como o cérebro das mesmas reage à intoxicação por doses subletais deste inseticida. Para isso, serão investigadas as possíveis alterações no padrão sináptico, através da imunolocalização da proteína sinapsina, e na distribuição espacial das proteínas presentes no cérebro, através da técnica de imageamento químico. Através dos resultados pretende-se elucidar, o efeito neurotóxico do inseticida com a finalidade de entender como este altera a fisiologia das abelhas, gerando argumentos importantes para tomadas de decisões a fim da proteção destes importantes polinizadores. Por outro lado a observação do efeito sobre o sistema nervoso poderá fornecer subsídios para observação de alterações comportamentais que afetam as relações intra-coloniais, e eventualmente, contribuir para esclarecer se inseticidas desse tipo estariam entre as causas do "distúrbio do colapso das colônias" (Colony Collapse Disorder - CCD) atualmente preocupando apicultores e agricultores.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.