Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização funcional de fatores de transcrição involvidos com a formação de madeira de tensão em eucalipto: impacto na estrutura química da parede celular e adequação para a produção de etanol de segunda geração

Processo: 13/17846-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Gonçalo Amarante Guimarães Pereira
Beneficiário:Jorge Lepikson Neto
Supervisor no Exterior: Jacqueline Grima-Pettenati
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Université Paul Sabatier - Toulouse III, França  
Vinculado à bolsa:12/22652-7 - O eucalipto como fonte de açúcar para a produção de etanol, BP.PD
Assunto(s):Etanol   Eucalipto   Parede celular   Bioenergia

Resumo

Com o aumento da demanda por fontes de energia renováveis crescendo a cada ano, a busca por fontes de energia alternativa vem sendo incentivada no mundo todo. O Brasil sempre esteve na vanguarda do conhecimento da produção de biocombustíveis além de ser o maior produtor mundial de celulose a partir de fibra curta de Eucalyptus spp, com um setor bem desenvolvido e em plena expansão. Dessa forma a consolidação do país no setor de energia e seu estabelecimento como maior produtor mundial de etanol de segunda geração passa pela união desses dois grandes mercados. A principal limitação para o uso da biomassa lignocelulósica de eucalipto para a produção de energia vem da sua estruturação da parede celular, com a lignina impedindo o acesso a celulose e conseqüentemente sua degradação em açucares fermentáveis. Para viabilizar este processo é necessário estudar as características da parede celular e dos genes que controlam sua formação. O controle transcricional da biossíntese de parede celular secundária ainda é pouco conhecido em espécies arbóreas, sendo a principal referência o modelo proposto para Arabidopsis. A madeira de tensão é formada em angiospermas devido á resposta ao estimulo gravitacional e possui características contrastantes, possuindo assim um controle regulatório peculiar e seu estudo constitui uma excelente oportunidade para se entender o comportamento de genes envolvidos na formação da madeira e os mecanismos moleculares regulando suas funções. O presente projeto de pós-doutorado tem como principal objetivo a caracterização funcional de fatores de transcrição envolvidos com a formação da madeira de tensão em eucalipto e a avaliação do impacto destes na formação da parede celular, buscando a sua adequação à produção de biocombustiveis. O projeto aproveitará a estrutura e experiência de um grupo de pesquisa altamente qualificado no estudo de fatores de transcrição, plantas transgênicas e formação da parede celular, estando inserido em um consórcio europeu ( TREEFORJOULES) já em andamento, que tem como principal objetivo o uso de árvores como fonte de biocombustivel, estando assim seus resultados diretamente ligados a ambição do país, hoje maior produtor mundial de celulose, em permanecer como referencia no setor de biocombustíveis e energia verde. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOLER, MARCAL; PLASENCIA, ANNA; LEPIKSON-NETO, JORGE; CAMARGO, EDUARDO L. O.; DUPAS, ANNABELLE; LADOUCE, NATHALIE; PESQUET, EDOUARD; MOUNET, FABIEN; LARBAT, ROMAIN; GRIMA-PETTENATI, JACQUELINE. The Woody-Preferential Gene EgMYB88 Regulates the Biosynthesis of Phenylpropanoid-Derived Compounds in Wood. FRONTIERS IN PLANT SCIENCE, v. 7, SEP 22 2016. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.