Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação cinemática e eletromiográfica em indivíduos com e sem lombalgia crônica durante atividade simulada de manuseio de cargas

Processo: 13/14098-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2013
Vigência (Término): 05 de novembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Tatiana de Oliveira Sato
Beneficiário:Mariana Vieira Batistão
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Ergonomia   Saúde do trabalhador   Fisioterapia

Resumo

Introdução: A dor lombar é um problema de grande magnitude, atingindo cerca de 85% da população. Deste modo, a carga a que a coluna está submetida nas atividades diárias é o foco da pesquisa em ergonomia atualmente, sendo que tarefas envolvendo flexão do tronco e manuseio de cargas pesadas têm sido associadas à alta incidência de lesões na coluna lombar. Apesar das diferenças nas características eletromiográficas e cinemáticas dos sujeitos sintomáticos e assintomáticos terem sido investigadas na literatura, estudos que avaliem a relação dessas características com a experiência no trabalho não foram realizados. Nota-se também uma carência de equipamentos de medida precisos para avaliação da exposição da coluna lombar no ambiente real. Tendo em vista a importância da quantificação da exposição real a qual os trabalhadores estão submetidos para a proposição de medidas preventivas, justifica-se o aprofundamento dos estudos nesse sentido. Objetivos: Este estudo tem por objetivos: 1. Comparar os movimentos da coluna vertebral e a ativação muscular em indivíduos experientes e inexperientes com e sem lombalgia durante a tarefa simulada de manuseio de cargas; 2. Comparar dois sistemas de registro dos movimentos da coluna, o sistema de registro através de câmera (Qualisys, ProReflex MCU, Suécia) e o inclinômetro (Logger Tecknologi HB, Akarp, Suécia). Métodos: Dois grupos de sujeitos serão recrutados, um composto por indivíduos sem experiência no manuseio de cargas e outro de experientes. A definição dos casos será realizada a partir de uma avaliação física proposta por Ohlsson et al. (1994) e Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares. O manuseio experimental será realizado em um ritmo de 12 manuseios por minuto, tendo como altura inicial o solo e como final a altura do quadril do sujeito. A região de deposição da caixa estará a 90° da posição inicial. A carga será de 11,3 kg, a qual tem sido recomendada para indivíduos em fase de retorno ao trabalho após lesão na coluna lombar. Serão utilizados eletromiógrafo para avaliação da atividade elétrica dos músculos lombares (Delsys, Estados Unidos), sistema ótico de captura para análise cinemática (Qualisys, Suécia) e inclinômetro (Logger Tecknologi, Suécia). A coleta será realizada de forma sincronizada. Para a análise das diferenças na atividade muscular ou no padrão cinemático entre sujeitos experientes ou inexperientes com e sem dor, a análise de variância multivariada (MANOVA) poderá ser aplicada. Será calculada a raiz quadrática média (RMS) das diferenças entre o Sistema Qualisys e a inclinometria. As razões serão calculadas em relação à amplitude dos eixos principais de movimento. Além disso, será realizada a Correlação de Pearson entre os dados gerados pelo Sistema Qualisys e o inclinômetro. Para a interpretação dos resultados, será considerada a força do coeficiente, o intervalo de confiança da correlação e a significância estatística da diferença entre as medidas analisadas por meio de um Teste T. Hipóteses: Os movimentos da coluna vertebral e a ativação muscular exibirão padrões diferenciados nos trabalhadores experientes e inexperientes com e sem lombalgia durante a tarefa simulada de manuseio de cargas. O inclinômetro apresentará resultados semelhantes ao sistema de registro por imagem (Qualisys), utilizado como referência. Relevância: Espera-se entender como a coluna lombar de indivíduos experientes sintomáticos ou não se comporta durante o manuseio de cargas em ambiente controlado e qual a diferença estes e aqueles sem experiência. E, a partir da comparação dos equipamentos de registro postural, indicar a utilização de um equipamento portátil que possa avaliar os movimentos lombares no ambiente de trabalho. O estudo é relevante para a identificação dos fatores associados à lombalgia, auxiliando a avaliação e a proposição de intervenções no ambiente real de forma mais eficaz