Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do transcriptoma dos núcleos paraventricular e arqueado no modelo de obesidade neonatal

Processo: 13/23057-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:José Antunes Rodrigues
Beneficiário:André de Souza Mecawi
Supervisor no Exterior: David Murphy
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Bristol, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:11/24148-1 - Atividade do sistema renina-angiotensina periférico e cerebral em modelo de obesidade programada por redução da ninhada, BP.PD
Assunto(s):Hipotálamo   Transcriptoma   Neuroendocrinologia   Obesidade   Núcleo hipotalâmico paraventricular   Núcleo arqueado do hipotálamo   Modelos animais

Resumo

A obesidade é uma desordem multissistêmica caracterizada pelo aumento da porcentagem de tecido adiposo branco e geralmente associada à resistência periférica e central a leptina e insulina. Esses hormônios agem no cérebro, especialmente nos núcleos paraventricular (PVN) e arqueado (ARH) do hipotálamo, regulando o metabolismo energético e o tônus simpático (incluindo alterações de pressão arterial). Assim, ambos PVN e ARH são áreas cruciais para o controle neuroendócrino integrado do balanço energético e cardiovascular. Deste modo, esses núcleos hipotalâmicos são alvos centrais para o estudo do desenvolvimento da obesidade e alterações autonômicas e cardiovasculares associadas. O excesso de alimentação (pela redução do tamanho da ninhada) e a desnutrição (pelo aumento do tamanho da ninhada) no período neonatal são importantes modelos para a indução da obesidade na vida adulta, e têm sido muito explorados com o objetivo de entender as origens epigenéticas da programação da obesidade na vida adulta. Neste modelo, os animais submetidos à redução da ninhada mostram um alto nível plasmático de insulina e leptina, resistência hipotalâmica a esses hormônios, aumento da atividade simpática e hipertensão na vida adulta. Assim, o objetivo deste trabalho é caracterizar as alterações da expressão gênica global pela técnica do sequenciamento do RNA dos núcleos PVN e ARH de animais obesos devido ao excesso de alimentação ou desnutrição neonatal. Assim, nós esperamos que essa técnica nos permita construir um banco de dados relativo à expressão gênica no PVN e ARH de animais obesos, do qual novos alvos moleculares poderão ser cuidadosamente escolhidos para o estudo do desenvolvimento da obesidade e alterações autonômicas e cardiovasculares associadas. (AU)