Busca avançada
Ano de início
Entree

Cristalização de vidros não estequiométricos dos sistema L2S-B2S

Processo: 14/01910-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Edgar Dutra Zanotto
Beneficiário:Rogério Zulzke Pompermayer
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07793-6 - CEPIV - Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação em Vidros, AP.CEPID
Assunto(s):Cristalização   Diagrama de fases

Resumo

A cristalização de vidros não estequiométricos é de suma importância para o entendimento e previsão do comportamento dos materiais vítreos em geral, tendo em vista que ocorre a cristalização de duas, ou mais, fases simultaneamente. Os materiais vitrocerâmicos estão presentes em diversos ramos da indústria e tecnologia, de forma que o presente estudo se mostra relevante para um maior entendimento de processos aplicáveis. A fim de proporcionar estudos posteriores nesta área, o trabalho atual consiste na obtenção e caracterização de vidros do sistema L2S-B2S (dissilicato de lítio e dissilicato de bário) em 10 diferentes composições, além da realização das medidas de taxa de crescimento de cristais em vidros do sistema LS-CS (metassilicato de lítio e metassilicato de cálcio) estudado atualmente no LaMaV (Laboratório de Materiais Vítreos-UFSCar). Resultados preliminares mostram que é possível obter vidros do sistema L2S-B2S e que o sistema LS-CS apresenta crescimento em camadas e formação de poros do lado esquerdo do diagrama de equilíbrio (desde o equilíbrio eutético até o metassilicato de cálcio). Dessa forma, será também possível aplicar a teoria referente à formação de poros para se entender a diferença de densidades entre as fases cristalinas e o vidro residual.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.