Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da cristalização na condutividade elétrica do vidro 1Na2O.2CaO.3SiO2

Processo: 02/09200-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2003
Vigência (Término): 31 de outubro de 2004
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Ana Candida Martins Rodrigues
Beneficiário:Gilberto Tadashi Niitsu
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Condutividade elétrica   Nucleação   Vidro

Resumo

Será estudado o efeito da cristalização na condutividade elétrica do vidro 1Na2O.2CaO.3SiO2. A condutividade elétrica do vidro e do cristal desta composição já são conhecidas. No entanto, não se conhece referências sobre a condutividade elétrica destes vidros parcialmente cristalizados. De um modo geral, poucos são os estudos existentes em sistemas parcialmente cristalizados, devido, certamente, à relativa complexidade dos mesmos. Aproveitando o fato de que o vidro em questão apresenta nucleação homogênea guando parcialmente cristalizado, a vitrocerâmica obtida será um material onde cristais estarão dispersos em uma matriz vítrea de mesma composição química, constituindo-se de um sistema de duas fases distintas. As amostras parcialmente cristalizadas serão obtidas através de tratamento térmico duplo, aproveitando-se os dados existentes na literatura sobre taxas de nucleação e crescimento. Após eliminação da camada de cristalização superficial, serão feitas medidas por impedância complexa, a fim de se determinar a condutividade elétrica das amostras e também realizar a análise dos diagramas de impedância obtidos, em termos de circuitos equivalentes (um ou mais semi-círculos). Será então analisada a variação da condutividade elétrica das amostras em estudo em função da fração volumétrica cristalizada. (AU)