Busca avançada
Ano de início
Entree

Gestão das águas subterrâneas em Recife: compatibilizando os usos privados e públicos numa perspectiva de mudanças climáticas globais

Processo: 14/05697-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 23 de agosto de 2014
Vigência (Término): 22 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Ricardo César Aoki Hirata
Beneficiário:Ricardo César Aoki Hirata
Anfitrião: Cathryn Ryan
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Calgary, Canadá  
Assunto(s):Hidrogeologia   Gerenciamento das águas subterrâneas   Gestão integrada de recursos hídricos   Poços

Resumo

A gestão das águas subterrâneas ainda é bastante incipiente no país. A limitação é ainda maior em áreas urbanas, onde a identificação dos poços é difícil e os problemas, quando detectados, não são de responsabilidade de apenas um, mas de um conjunto de usuários. A legislação de recursos hídricos existentes não abarca as especificidades das águas subterrâneas. Assim como outras áreas metropolitanas, Recife se insere em um contexto de escassez hídrica e de sérios problemas ambientais. Essa região possui a maior densidade de poços do país, totalizando mais de 13 mil captações, a maioria ilegal. A exploração desordenada tem acarretado em um rebaixamento excessivo nos níveis dos aquíferos e problemas de salinização, reduzindo a oferta de água e a segurança hídrica da capital. Desta forma, esse projeto de pesquisa tem como objetivo principal o estabelecimento das bases teóricas e técnicas para estruturar um programa de gestão das águas subterrâneas, que considere os possíveis cenários advindos das mudanças climáticas globais e a participação efetiva dos usuários privados, a partir de mecanismos de comunicação social. Esse projeto está inserido no Projeto Coqueiral (Temático da FAPESP Proc. 2011/50553-0), do qual este proponente é coordenador, e tem como objetivo o entendimento da hidrogeologia da área e das relações entre a sociedade, as instituições e o usuário da água. O estágio pleiteado na UoC permitirá analisar e integrar os resultados obtidos. Uma das atividades mais importantes da estada em Calgary será a comparação entre diferentes experiências do Canadá e da América Latina, a partir da qual, e junto com a análise e integração dos resultados do Projeto Coqueiral, um programa de gestão das águas subterrâneas será proposto. (AU)