Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de pontos quânticos de CdSe recobertos com nanobastões de CDs em nanoestruturas do tipo caroço-casca

Processo: 14/10736-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de setembro de 2014
Vigência (Término): 09 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Laudemir Carlos Varanda
Beneficiário:João Batista Souza Junior
Supervisor no Exterior: Dmitri V. Talapin
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Chicago, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:12/02093-3 - Síntese de nanoestruturas core@shell de Co@Au (superparamagnéticas) e CdSe@ZnS (quantum dots) visando aplicações antineoplásicas, BP.DR
Assunto(s):Pontos quânticos   Nanocristais   Semicondutores   Nanobastões   LCD   Técnica de automontagem

Resumo

Nanocristais de semicondutores apresentam propriedades óticas e eletrônicas dependentes das suas dimensões e podem ser utilizados para diversas aplicações tecnológicas, como dispositivos emissores de luz, fotovoltáicos e termoelétricos. Assim, este projeto pretende explorar a síntese de pontos quânticos de CdSe recobertos com nanobastões de CdS em nanoestruturas do tipo caroço-casca. Estes nanobastões serão auto-organizados em filmes finos para compor emissores polarizados. Auto-organização de mono ou multinanocristais oferecem uma plataforma dinâmica para projetar as propriedades magnéticas, eletrônicas e óticas dos materiais. Diferentemente de cristais atômicos e moleculares onde átomos, parâmetros de rede e distâncias interatômicas são entidades fixas, nanocristais auto organizados representam arranjos de "átomos projetados" com estruturas eletrônicas e propriedades de transporte ajustáveis. Este projeto almeja melhorar a eficiência dos emissores de iluminações de LCD utilizando precisa engenharia e auto organização de nanocristais inorgânicos de CdSe-CdS com morfologia de nanobastões, os quais absorvem luz não-polarizada e reemitem luz linearmente polarizada com alta pureza de cor e eficiência quântica próxima de 100%. A coloração da luz reemitida é determinada pelo confinamento quântico dos nanocristais. Idealmente, o material emissor nestes dispositivos deve absorver luz em uma ampla faixa espectral e exibir alto deslocamento de Stokes, significando que a remissão deve ocorrer em comprimentos de onda de pouca absorção de luz pelo material. Tal objetivo é atrativo devido ao ganho substancial na eficiência de iluminação por afunilar toda a energia ótica em uma pequena janela espectral sem adicionar custo ou complexidade ao dispositivo. Porém, para isso, um rigoroso controle da arquitetura e alinhamento dos nanocristais, bem como um profundo entendimento da fotofísica da correlação dos processos de conversão de energia, faz-se necessário. Este conhecimento é importante tanto para o avanço do projeto regular de pesquisa no País quanto para o estabelecimento de possíveis colaborações com grupos de pesquisa no exterior. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CUNNINGHAM, PATRICK D.; SOUZA, JR., JOAO B.; FEDIN, IGOR; SHE, CHUNXING; LEE, BYEONGDU; TALAPIN, DMITRI V. Assessment of Anisotropic Semiconductor Nanorod and Nanoplatelet Heterostructures with Polarized Emission for Liquid Crystal Display Technology. ACS NANO, v. 10, n. 6, p. 5769-5781, JUN 2016. Citações Web of Science: 65.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.