Busca avançada
Ano de início
Entree

Problemas de corte e empacotamento de itens irregulares e quasi-poliominós

Processo: 14/23900-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 20 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Produção - Pesquisa Operacional
Pesquisador responsável:Franklina Maria Bragion de Toledo
Beneficiário:Marcos Okamura Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07375-0 - CeMEAI - Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria, AP.CEPID
Assunto(s):Corte

Resumo

Um poliominó consiste em um conjunto de quadrados de mesma dimensão conexos pela junção de uma de suas arestas. Um quasi-poliominó é uma generalização do conceito de poliominó, uma vez que representa um subconjunto de quadrados não necessariamente conexos de uma malha quadriculada equidistante. Problemas de corte e empacotamento de quasi-poliominós possuem diversas aplicações reais, por exemplo, o corte de peças de couro, a estamparia de chapas metálicas, o desenho de placas de circuito impresso e a diagramação de páginas de revistas e jornais. Neste projeto, serão estudadas variantes destes problemas, como os problemas de ladrilhamento, mochila, empacotamento em faixas e e empacotamento em mochilas de quasi-poliominós. Serão propostos modelos matemáticos, métodos exatos e heurísticos que serão comparados com modelos e métodos da literatura.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, MARCOS OKAMURA; TOLEDO, FRANKLINA M. B. A clique covering MIP model for the irregular strip packing problem. Computers & Operations Research, v. 87, p. 221-234, NOV 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.