Busca avançada
Ano de início
Entree

Monitoramento do pH e dos níveis de inserção óssea antes e após tratamento com sistemas bioadesivos poliméricos com liberação modificada de metronidazol intrabolsa periodontal

Processo: 14/12035-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Vinícius Pedrazzi
Beneficiário:Lara Osório Costa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Periodontia   Periodontite crônica   Metronidazol   Materiais dentários   Biomateriais poliméricos   In vivo

Resumo

O objetivo deste estudo é fazer uma avaliação in vivo do pH e dos níveis de inserção óssea em pacientes com doença periodontal crônica, submetidos a tratamento periodontal convencional (RAR) e a dispositivos para liberação modificada de metronidazol em filmes e sistemas semi-sólidos (géis) contendo metronidazol microencapsulado para o tratamento da periodontite. Será realizado um estudo clínico em humanos para testar a hipótese de que o uso associado do sistema de liberação local (filme ou gel) à raspagem e alisamento radicular (RAR) é superior à terapia RAR isolada. Serão selecionados 45 pacientes com periodontite crônica, divididos aleatoriamente em 3 grupos de 15 pacientes cada: grupo 1 - raspagem e alisamento radicular (RAR) - controle ativo; grupo 2 - RAR + filme com metronidazol; grupo 3 - RAR + gel de metronidazol. Serão monitoradas as alterações do pH intrabolsa periodontal nos tempos: (T0) antes da aplicação das formulações (filmes / géis); (T1) logo após a aplicação (5 minutos); (T2) após 1 hora e (T3) após 3 dias da aplicação. Para o ganho de nível de inserção óssea serão avaliados durante e após o tratamento nos tempos 1) inicial (T0 = baseline); 2) após a aplicação do gel / filme (T1), 3) após 1 mês (T2 = 1 mês), 4) após 3 meses (T3 = 3 meses) e 5) após 06 meses (T4 = 06 meses).