Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência das nanopartículas sobre a temperatura de transição de nanocompósitos termossensíveis

Processo: 15/04954-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 30 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Emerson Rodrigues de Camargo
Beneficiário:Igor Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07296-2 - CDMF - Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais, AP.CEPID
Assunto(s):Entropia (termodinâmica)   Nanocompósitos

Resumo

Nos últimos anos, intensificaram-se as pesquisas em medicina regenerativa sobre doenças degenerativas ou causadas por traumas, muitas das quais focadas no desenvolvimento de biomateriais, como por exemplo os hidrogéis injetavéis para uso em cirurgias não-invasivas e com potencial ação na regeneração e reparação de lesões em tecidos medulares. Entre eles, o poli(N-vinilcaprolactama) (PNVCL) pode formar hidrogéis biocompatíveis com propriedades químicas e mecânicas adequadas para uso como implantes. Uma alternativa promissora no campo de biomateriais é o preparo de nanocompósitos que associam as propriedades dos polímeros com a resistência mecânica das cerâmicas bioativas, como as nanopartículas de sílica. Desta forma, serão preparados neste Projeto, nanocompósitos de polímeros termossensíveis de PNVCL com diferentes composições de nanopartículas de SiO2 de diferentes dimensões, buscando a obtenção de materiais biocompatíveis para a utilização como substratos (scaffolds) em engenharia tecidual. Para avaliar a morfologia, a estrutura, as propriedades termo-mecânicas e a temperatura crítica inferior de solubilização (LCST) dos hidrogéis, das nanopartículas e dos nanocompósitos, serão empregadas técnicas de microscopias eletrônicas de varredura e transmissão, o espalhamento de luz dinâmico, a espectroscopia de absorção na região do infravermelho, a espectrofotometria de UV-Vis, a calorimetria diferencial de varredura (DSC), a termogravimetria (TGA) e análises dinâmico-mecânicas (DMA). Por fim a análise espectroscópica da transição LCST será avaliada a partir dos seus parâmetros termodinâmicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)