Busca avançada
Ano de início
Entree

Acesso a serviços de saúde e cuidado de enfermagem a partir de um Programa Municipal de Atenção ao Recém-Nascido

Processo: 15/08154-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Cândida de Carvalho Furtado
Beneficiário:Poliana Remundini Lima
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Enfermagem neonatal   Cuidados de enfermagem   Recém-nascido   Avaliação em saúde

Resumo

Estudo transversal, analítico que objetiva analisar o acesso, após o nascimento, ao atendimento de enfermagem na rede básica de saúde de crianças em um município paulista. Participarão todas as crianças nascidas e residentes no município de 01 de janeiro de 2010 a 31 de dezembro de 2014, usuárias do SUS. Com média anual de 8.200 nascimentos, sendo 60% de usuários SUS, estima-se 24.600 crianças participantes. Os dados serão obtidos das planilhas do Programa Floresce uma Vida, do Programa de Saúde da Criança da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Variáveis estudadas: tipo de unidade de atendimento, hospital de nascimento, idade da criança, peso ao nascer, idade materna, paridade, encaminhamento do RN para serviço especializado, realização da triagem neonatal e da vacina BCG. O processamento se dará a partir do gerenciamento do banco de dados do Floresce uma Vida, sendo utilizado o programa SPSS versão 16.0. Na fase descritiva da análise, buscar-se-ão informações que identifiquem melhoria no acesso aos serviços de saúde, contemplando o atendimento da criança na primeira semana de vida. Na fase analítica, serão verificadas associações entre as variáveis peso ao nascer, idade materna e paridade e a variável acesso dos recém-nascidos às ações de enfermagem na rede básica. O projeto de pesquisa será enviado para apreciação em Comitê de Ética em Pesquisa, após anuência da SMS. Como benefícios têm-se que o gerenciamento das informações sobre acesso e cuidado de enfermagem à criança constitui-se em potencial instrumento para qualificar a assistência prestada, transpondo os resultados para realidades semelhantes e auxiliando na visibilidade destes a nível regional e/ou nacional. (AU)