Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de inibidores para as calicreínas teciduais humanas 3 e 5 (KLK3 e KLK5) via biblioteca 'phage display' de alfa-1 antitripsina humana

Processo: 15/17149-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Luciano Puzer
Beneficiário:Lucas Rodrigo de Souza
Supervisor no Exterior: Wiliam Peter Sheffield
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa : McMaster University, Canadá  
Vinculado à bolsa:13/09202-5 - Desenvolvimento de uma biblioteca de serpinas recombinantes para estudo de especificidade de calicreínas teciduais humanas, BP.DR
Assunto(s):Calicreína   Phage display   Serpinas   alfa 1-Antitripsina

Resumo

As calicreínas teciduais humanas (KLKs) formam uma família de 15 serino proteases distribuídas por vários tecidos e fluídos biológicos. Essas enzimas são apontadas como exercendo função em diferentes patologias como Alzheimer, Câncer, Dermatite Atópica, Esclerose Múltipla, Parkinson, Psoríase, e outras. Portanto, há uma demanda por inibidores específicos para cada uma das KLKs, e esse é o tema de nossos projetos de pesquisas na UFABC. Nessa busca por inibidores específicos, em meu projeto de doutorado estamos desenvolvendo uma biblioteca de serpinas recombinantes com base na sequência da serpina da bactéria Gloeobacter violaceus. A utilização da técnica de "phage display" para otimizar o desenvolvimento das bibliotecas nos chamou bastante a atenção. Fizemos contato com o Prof. William Sheffield, da McMaster University, Canada, que tem ampla experiência no desenvolvimento de bibliotecas de serpinas recombinantes via "phage display", e que aceitou nos receber em seu laboratório para estágio de 1 ano, onde pretendemos gerar inibidores para as calicreínas teciduais humanas 3 e 5, usando a abordagem do "phage display" do inibidor alpha-1 antitripsina humana, a disposição no laboratório do Prof. Sheffield. (AU)