Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do treinamento do andar com suporte parcial de peso corporal na coordenação intra- e inter-membros de indivíduos pós-acidente vascular encefálico

Processo: 15/13100-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Ana Maria Forti Barela
Beneficiário:Melissa Leandro Celestino
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde. Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/23571-1 - Efeitos do treinamento do andar com suporte parcial de peso corporal em esteira e no chão na coordenação motora de indivíduos com acidente vascular encefálico, BE.EP.DR
Assunto(s):Biomecânica   Aprendizagem motora   Controle motor   Cinemática   Análise do movimento humano

Resumo

Geralmente, indivíduos que sofrem acidente vascular encefálico (AVE) apresentam dificuldades para se locomover, e diferentes formas de intervenção têm sido propostas com intuito de pelo menos amenizar tais dificuldades. Dentre as diferentes estratégias de intervenção que têm sido propostas, podemos considerar o uso de sistemas de suporte parcial de peso corporal (SPPC). Apesar dessa estratégia de intervenção ser mais comumente utilizada em esteiras motorizadas, mais recentemente, o uso de sistema de SPPC em superfície fixa (chão) tem sido investigado, e avaliações clínicas, parâmetros espaço-temporais e amplitude de movimento das principais articulações dos membros inferiores durante o andar têm sido consideradas para verificar os efeitos de determinados protocolos de intervenção. Sem dúvida, a investigação de tais aspectos é muito importante, porém, é importante investigar também se os aspectos mais diretamente relacionados à coordenação do andar de indivíduos que sofreram AVE se alteram após um programa de intervenção do andar com SPPC, e se o tipo de superfície (fixa ou móvel) pode interferir nas possíveis alterações. Sendo assim, o objetivo geral deste projeto é avaliar os efeitos do treinamento do andar com o uso de SPPC nas superfícies fixa e móvel na coordenação do andar de indivíduos que sofreram AVE. Esses indivíduos serão divididos em dois grupos, aleatoriamente, sendo que um grupo será submetido às sessões de treinamento do andar com SPPC em esteira, e o outro grupo será submetido às sessões de treinamento do andar com SPPC no chão. O protocolo de treinamento compreenderá três sessões por semana durante seis semanas, totalizando 18 sessões de treinamento para os participantes dos dois grupos. Todos os participantes serão avaliados antes de iniciar as sessões de treinamento, logo após o término de todas as sessões de treinamento e seis semanas após o término de todas as sessões de treinamento. Ainda, indivíduos sadios formarão o grupo controle e será avaliado em uma ocasião. Em cada avaliação, dados cinemáticos do andar serão adquiridos por meio de um sistema de análise de movimento (VICON). Marcadores refletivos esféricos serão afixados nos principais pontos anatômicos de cada participante, para definição dos segmentos tronco, pelve, coxa, perna e pé. Os dados adquiridos serão armazenados e, posteriormente, programas específicos escritos na linguagem Matlab (MathWorks, Inc.) serão utilizados para calcular parâmetros relacionados à coordenação intra- e inter-membros.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CELESTINO, MELISSA L.; VAN EMMERIK, RICHARD; BARELA, JOSE A.; GAMA, GABRIELA L.; BARELA, ANA M. F. Intralimb gait coordination of individuals with stroke using vector coding. HUMAN MOVEMENT SCIENCE, v. 68, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.
GAMA, GABRIELA L.; CELESTINO, MELISSA L.; BARELA, JOSE A.; BARELA, ANA M. F. Gait initiation and partial body weight unloading for functional improvement in post-stroke individuals. GAIT & POSTURE, v. 68, p. 305-310, FEB 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.