Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do papel dos sistemas de secreção do Tipo IV de Xanthomonas citri e Stenotrophomonas maltophilia na interação com Dictyostelium discoideum

Processo: 15/25381-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Shaker Chuck Farah
Beneficiário:Ethel Bayer Santos
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/07777-5 - Sinalização por c-di-GMP e o sistema de secreção de macromoléculas do tipo IV em Xanthomonas citri, AP.TEM
Assunto(s):Xanthomonas citri   Stenotrophomonas maltophilia   Sistemas de secreção bacterianos   Toxinas

Resumo

Os sistemas de secreção bacterianos são estruturas versáteis que podem secretar proteínas e DNA para o meio extracelular ou para dentro de células-alvo. Os sistemas de secreção do tipo IV (T4SS) são complexos formados por 12 proteínas (VirB1-VirB11 e VirD4) e desempenham papel fundamental na virulência de diferentes espécies bacterianas. Nos últimos dez anos, nosso grupo tem estudado interações envolvendo subunidades do T4SS de Xanthomonas citri, agente causador cancro cítrico, e identificou 12 substratos protéicos secretados através desse sistema. Recentemente, demonstramos que o T4SS de X. citri é capaz de causar a morte de outras espécies de bactérias, funcionando de maneira análoga ao sistema de secreção do tipo VI (T6SS). Uma vez que o T4SS de X. citri funciona de maneira análoga ao T6SS de uma variedade de espécies bacterianas, como Vibrio cholerae e Pseudomonas aeruginosa, os quais são capazes de injetar toxinas tanto em células procarióticas como em células eucarióticas; esse projeto tem como objetivo estudar o papel do T4SS de X. citri na interação com uma célula eucariótica fagocíticas, como a ameba social Dictyostelium discoideum. Além disso, esse projeto visa estudar o T4SS do patógeno oportunista Stenotrophomonas maltophilia para analisar se esse sistema de secreção desempenha papel semelhante em outras espécies filogeneticamente relacionadas à Xanthomonas spp. A caracterização do T4SS de S. maltophilia e das toxinas secretadas por esse sistema serão de grande valia para aumentar os conhecimentos sobre a biologia e os prováveis mecanismos de virulência desse patógeno emergente. Os conhecimentos gerados ao final desse projeto aumentarão o entendimento sobre a ecologia das bactérias de vida livre e sobre os mecanismos pelos quais elas resistem/sobrevivem aos seus predadores ambientais.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BAYER-SANTOS, ETHEL; LIMA, LIDIA DOS PASSOS; CESETI, LUCAS DE MORAES; RATAGAMI, CAMILA YURI; DE SANTANA, ELIANE SILVA; DA SILVA, ALINE MARIA; FARAH, CHUCK SHAKER; ALVAREZ-MARTINEZ, CRISTINA ELISA. Xanthomonas citri T6SS mediates resistance to Dictyostelium predation and is regulated by an ECF sigma factor and cognate Ser/Thr kinase. ENVIRONMENTAL MICROBIOLOGY, v. 20, n. 4, SI, p. 1562-1575, APR 2018. Citações Web of Science: 3.
BAYER-SANTOS, ETHEL; MARINI, MARJORIE M.; DA SILVEIRA, JOSE F. Non-coding RNAs in Host-Pathogen Interactions: Subversion of Mammalian Cell Functions by Protozoan Parasites. FRONTIERS IN MICROBIOLOGY, v. 8, MAR 21 2017. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.