Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos microevolutivos em Anopheles cruzii (Diptera: Culicidae), utilizando morfometria geométrica da asa e marcadores microssatélites

Processo: 15/23386-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Mauro Toledo Marrelli
Beneficiário:Laura Cristina Multini
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Morfometria   Repetições de microssatélites   Controle de vetores   Malária

Resumo

Anopheles (Kertezsia) cruzii é uma espécie de mosquito antropofílica e que possuí conhecido potencial epidemiológico, esse mosquito é o principal vetor de malária humana e símia no Brasil, mais precisamente em regiões de Mata Atlântica, principalmente no Estado de São Paulo. No município de São Paulo, o An. cruzii é encontrado, principalmente, em duas localidades próximas a fragmentos remanescentes de Mata Atlântica: Parque Estadual da Cantareira, onde essa espécie é incriminada na transmissão de Plasmodium para os bugios que habitam a região e na Área de Proteção Ambiental (APA) - Engenheiro Marsilac, local onde essa espécie foi encontrada infectada com Plasmodium vivax e existem casos humanos autóctones de malária. Apesar de seu potencial epidemiológico, estudos microevolutivos com essa espécie permanecem escassos, principalmente, com espécimes do município de São Paulo. Levando-se em consideração a importância epidemiológica de An. cruzii e a pouca informação sobre sua estrutura populacional, o objetivo desse projeto é: Analisar a estrutura populacional de mosquitos Anopheles cruzii provenientes da Área de Proteção Ambiental Capivari-Monos, e do Parque Estadual da Cantareira, utilizando morfometria geométrica da asa e marcadores microssatélites. O conhecimento das características genéticas desse mosquito vetor pode ser importante para conduzir estratégias de controle e prevenir a ocorrência de surtos em áreas onde ocorrem poucos casos de malária, como é o caso do município de São Paulo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Urbanização altera forma das asas de mosquitos 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.