Busca avançada
Ano de início
Entree

Seleção de pacientes para tratamento da apneia obstrutiva do sono com aparelho intraoral através da caracterização do colapso da via aérea superior

Processo: 15/26502-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Pedro Rodrigues Genta
Beneficiário:Melania Dirce Oliveira Marques
Instituição-sede: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Medicina do sono   Apneia obstrutiva do sono   Endoscopia   Pressão positiva contínua nas vias aéreas   Faringe

Resumo

A Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) é caracterizada por obstrução recorrente da faringe durante o sono. A adesão ao tratamento padrão-ouro com CPAP (Continuous Positive Airway Pressure) não é a ideal, variando de 30 a 60%. Faz-se necessário o aperfeiçoamento de terapias alternativas ao CPAP. Dentre elas, os aparelhos intraorais (AIO) de avanço mandibular tem sido cada vez mais recomendados por sua boa aceitação. Porém, a variabilidade individual na resposta ao tratamento com AIO representa um grande desafio na indicação dessa modalidade terapêutica. A sonoendoscopia envolve a avaliação dinâmica da faringe durante o sono e também têm sido empregada para visualizar a magnitude e padrões de obstrução faríngea com e sem avanço mandibular. A pressão crítica de fechamento da faringe (Pcrit) é um método de avaliação da colapsabilidade da via aérea superior realizada durante o sono. Os objetivos do trabalho são correlacionar a estrutura de colapso faríngeo com alterações na colapsabilidade faríngea (Pcrit) associada ao uso do AIO e determinar o limiar da Pcrit preditor de resposta positiva ao tratamento com AIO para cada uma das estruturas de colapso faríngeo. A hipótese do estudo é que a estrutura faríngea envolvida na obstrução e a colapsabilidade da via aérea superior definida pela Pcrit predizem o sucesso terapêutico dos AIOs. Participarão deste estudo 40 pacientes de ambos os sexos, na faixa etária de 18 a 70 anos, com diagnóstico de AOS (índice de apneia-hipopneia> 5 eventos/hora). Os pacientes serão submetidos a visualização endoscópica da via aérea superior durante sono natural para identificação das estruturas faríngeas a determinação da Pcrit e IAH na presença e na ausência do aparelho intraoral de avanço mandibular. (AU)