Busca avançada
Ano de início
Entree

Respostas fisiológicas e bioquímicas durante a germinação de sementes condicionadas de salsa submetidas ao estresse salino

Processo: 17/05392-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Edvaldo Aparecido Amaral da Silva
Beneficiário:Matheus Kainan de Paula Manjavachi
Instituição Sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Sementes   Germinação de sementes   Atividade enzimática   Condicionamento fisiológico
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:atividade enzimática | condicionamento fisiológico | Sementes de Salsa | Stress Salino | Tecnologia de Sementes

Resumo

A salinidade afeta a germinação de sementes por meio do estresse osmótico, onde a absorção de água durante a embebição diminui com a diminuição do potencial osmótico externo. O condicionamento fisiológico pode desenvolver diferentes mecanismos de defesa nas sementes contra o estresse salino, alterando o sistema de defesa antioxidante e o ajuste osmótico. Portanto, o objetivo do trabalho é verificar se sementes condicionadas de salsa toleram ao estresse salino durante a germinação. As sementes de salsa serão condicionadas em solução de PEG 6000 e o melhor condicionamento (potencial osmótico e tempo de condicionamento) será utilizado na etapa do estresse salino. As sementes serão postas para germinar em substratos umedecidas com solução de cloreto de sódio (NaCl) nas concentrações de zero (controle), -0,2 MPa, -0,4MPa, -0,6MPa, -0,8 MPa e -1,0 MPa (com e sem condicionamento). Serão avaliados o potencial fisiológico (porcentagem de germinação, protrusão radicular, índice de velocidade de germinação, crescimento de plântulas e massa seca) e bioquímico (atividade das enzimas peroxidase, catalase e superóxido dismutase) das sementes. Os dados serão analisados estatisticamente através de testes de normalidade (Shapiro-Wilk), análise de variância (ANOVA), as médias comparadas pelo teste Tukey a p>0,05 de significância (SISVAR) e em função dos potenciais osmóticos irá adotar a análise de regressão (p<0,05). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MATHEUS KAINAN DE PAULA MANJAVACHI; TIAGO ALEXANDRE SILVA; CRISTIANE CARVALHO GUIMARÃES; MARIA MÁRCIA PEREIRA SARTORI; EDVALDO APARECIDO AMARAL DA SILVA. Physiological and biochemical responses of osmo-primed parsley seeds subjected to saline stress. Acta Scientiarum. Agronomy, v. 44, . (17/05392-5)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.