Busca avançada
Ano de início
Entree

Posturografia computadorizada dinâmica em pacientes com Migrânea

Processo: 17/07482-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Débora Bevilaqua Grossi
Beneficiário:Gabriela Ferreira Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/18031-5 - Estudo da associação de aspectos clínicos, funcionais e de neuroimagem em mulheres com migrânea, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):18/12024-5 - Influência da disfunção cervical no senso de posição articular, tontura e equilíbrio de pacientes com migrânea, BE.EP.PD
Assunto(s):Controle motor   Enxaqueca sem aura   Posturografia

Resumo

Estudos recentes verificaram a presença de distúrbios relacionados ao equilíbrio postural estático e agilidade em pacientes com Migrânea, sugerindo uma dependência alterada nos sistemas sensoriais que controlam o equilíbrio. No entanto, as estratégias nem tampouco a contribuição dos sistemas visual, vestibular e proprioceptivo no equilíbrio destes indivíduos são conhecidas. Assim, o objetivo deste trabalho será avaliar por meio da posturografia computadorizada dinâmica a contribuição de cada um destes componentes bem como as respostas motoras do equilíbrio de pacientes com Migrânea com e sem aura e indivíduos controle. Os voluntários serão triados do Ambulatório de Cefaleia e Algias Craniofaciais do HCFMRP, e submetidos a dois testes por um avaliador cego: 1) teste de organização sensorial, onde será avaliado o equilíbrio estático em situações de superfície de apoio estável e instável e campo visual móvel e fixo; 2) teste de controle motor, que mensura as respostas motoras diante de estímulos abruptos e inesperados na base de apoio. Espera-se que os dados deste projeto elucidem a etiologia da redução do controle postural de migranosos, a fim de que estratégias reabilitação possam ser incorporadas de forma direcionada e efetiva. (AU)