Busca avançada
Ano de início
Entree

Separação mineral e análise por traços de fissão

Processo: 17/11191-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Mauricio Parra Amézquita
Beneficiário:Maria Paula Ramos Clavijo
Instituição-sede: Instituto de Energia e Ambiente (IEE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/03265-5 - Processos de superfície durante orogênese ativa: soerguimento e erosão da Serra Nevada de Santa Marta (Colômbia) em escalas múltiplas de tempo, AP.JP
Assunto(s):Termocronologia   Apatitas   Traços de fissão   Zircão   Minerais pesados

Resumo

A aplicação de técnicas geocronológicas em minerais pesados, como apatita e zircão, depende de preparação cuidadosa das amostras, com manejo eficiente e livre de contaminação cruzada. A separação de minerais é um processo trabalhoso e delicado, sendo necessária a aplicação de protocolos específicos por parte do operador. O propósito deste treinamento técnico é prover ao Geólogo iniciante, a prática necessária para (1) conduzir a separação de minerais em amostras de rochas sedimentares, concentrando apatita e zircão para termocronologia de baixa temperatura; (2) realizar a catação manual, preparação e polimento das pastilhas (mounts) de análise para traço de fissão em apatita e zircão; e (3) realizar análise de traços de fissão utilizando o Método de Detector Externo, o qual é o protocolo em operação no Laboratório de Termocronologia do IEE-USP.O treinamento inclui todos os passos necessários para, a partir da coleta de amostras no campo, obter o mount de análise com grãos polidos de apatita e zircão para termocronologia por traços de fissão. Estas atividades incluem:(1)Britagem, moagem (quando necessário) e peneiramento em distintas frações granulométricas.(2)Concentração hidrodinâmica de minerais densos em mesa Wilfley.(3)Ataque ácido em rochas com carbonatos e remoção da fração de argila.(4)Separação magnética com imã de mão e separador isodinâmico Frantz.(5)Separação gravimétrica com líquidos densos.(6)Preparação e polimento do mount de análise.(7)Catação manual dos grãos de apatita com melhor qualidade, e medição das suas dimensões para análise de (U-Th)/He.(8)Corrosão química em mount de apatita e zircão para análise traços de fissão.(9)Montagem e encapsulamento de detectores externos de mica em mounts de apatita e zircão para análise de traços de fissão.(10)Contagem de traços de fissão no microscópio.(11)Modelagem de dados de traço de fissão visando a reconstrução da história termal de regiões e maciços rochosos.O orientador foi operador do laboratório de separação de minerais da Universidade de Potsdam durante a realização do doutorado, adquirindo experiência no tema, e em treinamento de estudantes para estes procedimentos.