Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da diversidade funcional dos biomas brasileiros a partir de imagens hiperespectrais

Processo: 17/09353-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Convênio/Acordo: NERC, UKRI ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Fabien Hubert Wagner
Beneficiário:Thais Michele Rosan
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50484-0 - Diversidade funcional dos biomas Amazônia, Mata Atlântica e Cerrado nos ambientes intactos e em regeneração por meio de imagens hiperspectrais, AP.JP
Assunto(s):Sensoriamento remoto   Biodiversidade   Ecossistemas

Resumo

Essa bolsa TT-4 é uma das bolsas requeridas para dar suporte às atividades do projeto conjunto entre NERC-FAPESP. O objetivo geral do projeto é o entender melhor as relações entre biodiversidade e o funcionamento dos ecossistemas nos grandes biomas brasileiros em relação às mudanças ambientais quem vem enfrentando. Essa questão é difícil porque o conhecimento da diversidade funcional é esparso. Os estudos sobre estoques e fluxos de carbono tem recebido grande atenção, porém outros ciclos biogeoquímicos precisam ser descritos e suas relações com a biodiversidade ainda não foram estabelecidas. Como essas funções do ecossistema irão responder às perturbações é desafiador porque os estudos são pautados em dados de campo com amostragem limitada e exaustiva, assim não há outra opção para obter resultados em grande-escala do que usar dados de sensoriamento remoto. O objetivo específico do projeto é melhorar o mapeamento de espécies, biodiversidade e componentes biogeoquímicos dos dosséis e suas relações com funcionamento dos ecossistemas e 1) testar várias hipóteses (quatro áreas core, com base na descrição da função observada (carbono e ciclo de nutrientes) em parcelas de campo e na escala da paisagem com base em imagens hiperespectrais adquiridas com um sensor a bordo de um veículo aéreo não tripulado (VANT), suportada com a nossa capacidade de expandir essas informações de árvores para parcelas de dosséis e de parcelas de dosséis para o nível da paisagem e 2) realizar uma síntese que aplica o nosso trabalho empírico para modelar a diversidade funcional e sua resiliência nos biomas brasileiros. A bolsa TT-4 será crucial para o mapeamento das alterações passadas e atuais nos biomas brasileiros e expandir os resultados do projeto sobre a recuperação funcional da diversidade após perturbações antrópicas na escala dos biomas e estimar quantitativamente as mudanças passadas e o estado da funcional dos ecossistemas e mudanças potenciais que estão enfrentando. Essa analise quer um bolsista de TT-4 com conhecimentos quantitativos em geografia, sensoriamento remoto e programação. A bolsa TT-4 proposta fornecerá recursos humanos para ao desenvolvimento da pesquisa proposta de forma colaborativa, conforme o esperado por uma proposta conjunta internacional entre NERC-FAPESP. Os 24 meses e 40 horas de dedicação a bolsa TT-4 serão necessários para atingir os objetivos da equipe. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.