Busca avançada
Ano de início
Entree

Aluminato de lantânio no planejamento de sistemas core@shell luminescentes funcionalizados contendo os íons Eu3+ e Tb3+ para aplicação em dispositivos conversores de luz

Processo: 17/13688-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Ana Maria Pires
Beneficiário:Alessandro Bruno Silva Garcia
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais híbridos   Bases de Schiff   Terras raras

Resumo

A estratégia central deste projeto é o desenvolvimento de novos materiais híbridos inorgânico-orgânico com potencial aplicação em dispositivos conversores de luz. No planejamento de tais híbridos selecionou-se como componente inorgânico um sistema do tipo core/shell composto por LaAlO3 dopado com os íons Eu3+ ou Tb3+ como core, uma primeira camada de óxido de lantânio dopado com Tb3+ ou Eu3+ (se o core tiver Eu3+ o shell será dopado com Tb3+ e vice-versa) e uma segunda camada de SiO2 aminofuncionalizada. Para a preparação da matriz aluminato de lantânio serão adaptados e testados os métodos Pechini modificado e sol-gel e o recobrimento com SiO2 aminofuncionalizada será realizado utilizando o método Stöber modificado. A sílica tem como função proteger a superfície das partículas e ao mesmo tempo atuar como agente de acoplamento da parte orgânica. Desta forma, a partir de reação dos grupos amino na superfície da sílica haverá o ancoramento de bases de Schiff as quais serão coordenadas a íons terras raras (Eu3+, Tb3+, ou La3+); moléculas de água desativadoras da luminescência que estejam também coordenadas aos íons metálicos serão substituídas por ligantes do tipo ²-dicetonas. Todas as etapas envolvidas na preparação dos sistemas híbridos serão monitoradas por técnicas de caracterizações elucidativas e adequadas a cada sistema, tais como difração de raios X, microscopia eletrônica de varredura e de transmissão, espectroscopia vibracional de absorção na região do IV e Raman, espectroscopias no UV-Vis, de reflectância difusa e de luminescência, análises térmica e elementar, entre outras. A partir dos dados de fotoluminescência, especificamente, serão estimadas as coordenadas de cores dos compostos produzidos, os parâmetros de intensidade e eficiência quântica, de forma a correlacionar com os resultados das demais técnicas para uma análise comparativa do desempenho dos sistemas produzidos como conversores de luz. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GARCIA, Alessandro Bruno Silva. Aluminato de lantânio no planejamento de sistemas core@shell luminescentes funcionalizados contendo os íons Eu3+ e Tb3+ para aplicação em dispositivos conversores de luz. 2019. 162 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.