Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e caracterização físico, química e biológica das membranas de látex carreadas com escopolamina para tratamento da Sialorréia

Processo: 17/22686-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Pesquisador responsável:Rondinelli Donizetti Herculano
Beneficiário:Beatriz Tiemi Morise
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/01650-5 - Desenvolvimento e caracterização de matrizes de policaprolactona e membranas de látex natural modificadas por radiação gama carreadas com escopolamina para tratamento da sialorréia, BE.EP.IC
Assunto(s):Biomateriais   Látex   Escopolamina   Sialorreia   Liberação controlada de fármacos

Resumo

O látex natural extraído da seringueira Hevea brasiliensis é amplamente utilizado na indústria e tem se mostrado promissor em aplicações biomédicas, podendo ser utilizado como próteses e enxertos médicos devido à sua biocompatibilidade e capacidade de induzir a angiogênese e regeneração óssea. Desta forma o látex natural pode ser aplicado como matriz de um sistema de liberação controlada, permitindo que fármacos cheguem ao seu alvo e, assim, evitam que a ocorrência de efeitos colaterais indesejados. A confecção de um sistema de liberação controlada deve ser eficaz, de modo que a liberação do fármaco ocorra gradualmente por um longo período de tempo. A escopolamina é um agente anticolinérgico amplamente utilizado para tratamento de enjoos e náuseas. Este fármaco também pode ser utilizado para tratamento de Sialorréia, um distúrbio capaz de promover aumento na produção de saliva e que geralmente ocorre junto a graves distúrbios neurológicos. A escopolamina aplicada por via transdérmica minimiza a ocorrência de efeitos colaterais. Desta forma, este projeto tem como objetivo a produção de membranas de látex carreadas com escopolamina com intuito de desenvolver um possível adesivo transdérmico que possa ser utilizado para tratamento da Sialorréia. O presente projeto propõe-se a analisar a liberação do fármaco pelas membranas utilizando a técnica de espectroscopia no UV-Vis e caracterizá-las utilizando espectroscopia de infravermelho por transformada de Fourier (FTIR), microscopia eletrônica de varredura de alta resolução (MEV-FEG), ensaios de resistência mecânica e análise do ângulo de contato. Além disso, será realizada a avaliação biológica das membranas e do fármaco liberado através da análise da atividade hemolítica com sangue de carneiro comercial, bem como testes de viabilidade celular em cultura de fibroblastos (linhagem 3T3). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MORISE, BEATRIZ TIEMI; MUTCH, ALEXANDRA LOUISE; GARMS, BRUNA CAMBRAIA; HERCULANO, RONDINELLI DONIZETTI; GRONDAHL, LISBETH. Evaluation of acrylic acid grafting on the loading and release of scopolamine butylbromide from polymeric matrices for future sialorrhea treatment. Journal of Applied Polymer Science, v. 138, n. 13 NOV 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.