Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação entre o refluxo extra-esofágico, a presença de Helicobacter pylori e a progressão da papilomatose laríngea

Processo: 17/24206-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Estela Kaminagakura Tango
Beneficiário:Thaís Mian Teixeira
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Estomatologia   Infecções por Papillomavirus   Helicobacter pylori   Papilomatose   Refluxo gastroesofágico

Resumo

Introdução: A papilomatose laríngea é uma neoplasia benigna dividida em dois grupos: papilomatose laríngea juvenil e adulta, ambas causadas pelo papilomavírus humano (HPV). Um possível fator de risco para a papilomatose laríngea recorrente em adultos é o refluxo extra-esofágico, através dos danos provocados pela enzima pepsina, presente no suco gástrico. Objetivos: Correlacionar a presença de pepsina e do Helicobacter pylori e a, e sua possível relação com a agressividade da papilomatose laríngea (PL). Material e métodos: Lesões de 60 indivíduos acometidos por papilomatose (n=30 juvenil e n=30 adulto) serão retrospectivamente coletadas e revisadas após coloração das lâminas com hematoxilina e eosina (H&E) e separados em Grupo não agressivo e Grupo agressivo baseados no índice de Derkay. Será realizada reação de imuno-histoquímicas para o anticorpo anti-pepsina e anti-H pylori. Todas as características clínico-patológicas encontradas serão comparadas entre os grupos propostos através do teste estatístico de Qui-Quadradro ou exato de Fisher com o nível de significância de 5%. (AU)