Busca avançada
Ano de início
Entree

Ampliando diálogos: requisitos para desenvolvimento de interfaces de participação popular em plataforma BIM

Processo: 17/21877-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Tecnologia de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Marcelo Claudio Tramontano
Beneficiário:Dayanna de Mello Sousa
Instituição-sede: Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Participação da comunidade   Software colaborativo   Intervenção urbana   Inclusão digital   Interface usuário-computador   Plataforma (computação)   Desenho arquitetônico

Resumo

O presente projeto de pesquisa de iniciação científica insere-se na temática de intervenções urbanas participativas auxiliadas por processos digitais, campo de investigação explorado já há vários anos pelo Núcleo de Estudos de Habitares Interativos (NOMADS.USP), do Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU-USP) da Universidade de São Paulo, e, mais recentemente, nos projetos "Cartografias Urbanas" e "Territórios Híbridos" (proc. FAPESP 09/51457-5), além de várias pesquisas individuais. O objetivo geral da pesquisa é a definição de requisitos capazes de instruir o desenvolvimento de ferramentas digitais que possibilitem a inclusão de pessoas sem formação técnica específica, pertencentes a comunidades, juntamente com especialistas, em processos de projeto de intervenção urbana desenvolvidos em plataforma BIM. Para isso, considera-se especificamente o desenvolvimento de interfaces mais acessíveis às alterações feitas em programas computacionais de plataforma BIM, otimizando consultas à sociedade e tornando a participação mais acessível e mais direta no projeto. A pesquisa apoia-se no estudo de experiências similares nacionais e internacionais para alcançar seus objetivos. Os resultados desta pesquisa visam colaborar com a otimização da prática de projeto colaborativo envolvendo comunidades, ampliando os procedimentos da área de arquitetura e urbanismo e contribuindo com trabalhos de mestrado e doutorado em andamento no grupo de pesquisa. (AU)