Busca avançada
Ano de início
Entree

Luminescência no visível e infravermelho próximo em partículas nanoestruturadas de Y2O3 dopadas com íons lantanídeos para aplicação em sistemas biológicos

Processo: 18/04588-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2018
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Rogéria Rocha Gonçalves
Beneficiário:Luiz Fernando dos Santos
Supervisor no Exterior: Maria Rute de Amorim e Sa Ferreira Andre
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Aveiro (UA), Portugal  
Vinculado à bolsa:17/10440-9 - Luminescência no visível e infravermelho próximo em partículas nanoestruturadas de Y2O3 dopadas com íons lantanídeos para aplicação em sistemas biológicos, BP.MS
Assunto(s):Biofotônica   Espectroscopia   Óxido de ítrio   Elementos da série dos lantanídeos

Resumo

O objetivo deste projeto concentra-se na síntese de partículas luminescentes nano e micro estruturadas à base de óxido de ítrio dopados com íons terras raras (TR), especificamente Eu3+, Nd3+, e co-dopadas com Er3+/Yb3+ e Tm3+/Yb3+ para aplicação em Biofotônica, como marcadores ópticos em sistemas biológicos. Estudo sistemático será realização visando controle morfológico (com dimensão e morfologia homogêneas) e estrutural (estrutura cristalina, vibracional e eletrônica) e sua correlação com as propriedades luminescentes para aplicação em Fotônica. Será utilizada a precipitação homogênea como técnica principal de síntese desses materiais, visando a otimização dos parâmetros de síntese com a finalidade de obtenção de partículas esféricas com dimensão e morfologia uniformemente distribuídas. Serão exploradas propriedades luminescentes tanto no visível, resultados de excitação no UV-Vis ou na região do infravermelho próximo (NIR) (conversão ascendente de energia), além de emissão no infravermelho. O controle no tamanho de partícula será de suma importância para as diferentes aplicações. A preparação e caracterização estrutural e espectroscópica dos óxidos dopados com íons TR constituem a base do estudo acadêmico que está sendo desenvolvido. A possibilidade do desenvolvimento tecnológico, para a aplicação desses materiais como marcadores ópticos, será explorada a partir da análise e otimização das propriedades estruturais, morfológicas, ópticas e espectroscópicas dos sistemas em estudo constituem a base do estudo acadêmico. A segunda etapa deste trabalho consiste em avaliar a toxicidade e viabilidade celular das nano partículas de Óxido de ítrio, bem como realizar o recobrimento e funcionalização. As nano partículas recobertas com sílica, objetiva o aumento da biocompatibilidade, aumento da eficiência quântica de emissão (reduzindo os processos não radiativos por grupos hidroxilas da superfície) e viabilização da funcionalização por diversos grupos (carboxilato, bio polímeros como quitosana, entre outros) com capacidade de ligação seletiva ou imobilização de macromoléculas biológicas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.