Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistemas de injeção de prótons baseados em derivados de melanina

Processo: 18/02411-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 03 de setembro de 2018
Vigência (Término): 26 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Carlos Frederico de Oliveira Graeff
Beneficiário:João Vitor Paulin
Supervisor no Exterior: Paul Meredith
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : Swansea University, País de Gales  
Vinculado à bolsa:15/23000-1 - Transistores orgânicos de efeito de campo baseado em arquitetura vertical utilizando corantes de origem natural como camada ativa, BP.DR
Assunto(s):Dispositivos eletrônicos   Matéria condensada   Transistores   Melaninas

Resumo

Bioeletrônica orgânica é um campo interdisciplinar que está crescendo a um ritmo acelerado. O campo promete novos métodos para detectar, ler ou escrever sinais biológicos com dispositivos eletrônicos orgânicos para melhorar os resultados médicos. Uma área de pesquisa importante na bioeletrônica é investigar métodos para transduzir um sinal do meio biológico (predominantemente devido a íons e prótons) a sinais eletrônicos modernos (predominantemente elétrons e buracos); mecanismos que não são bem compreendidos devido às diferentes propriedades químicas e físicas destas espécies. Um material promissor para se tornar uma interface viável para futuros dispositivos médicos é a biomacromolécula melanina. A melanina é um pigmento natural encontrado em toda a natureza, portanto, inerentemente biocompatível, com capacidade de condução eletrônica e protônica que podem ser moduladas usando diferentes condições de umidade. Além disso, a melanina pode ser fabricada em filmes finos de qualidade para dispositivo, tornando-a atraente para sua aplicação. Assim, o presente projeto visa explorar as propriedades de transporte de carga, tanto iônicas quanto eletrônicas, de diferentes derivados de melanina para avaliar sua adequação na criação de elementos transdutores de íon-a-elétron em estado sólido. Será dada especial atenção à caracterização elétrica dos derivados de melanina sob atmosfera com hidratação controlada, seguida da fabricação de protótipos dos dispositivos e caracterização de seu desempenho.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TEHRANI, Z.; WHELAN, S. P.; MOSTERT, A. B.; PAULIN, V, J.; ALI, M. M.; AHMADI, E. DAGHIGH; GRAEFF, C. F. O.; GUY, O. J.; GETHIN, D. T. Printable and flexible graphene pH sensors utilising thin film melanin for physiological applications. 2D MATERIALS, v. 7, n. 2 APR 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.