Busca avançada
Ano de início
Entree

Zebrafish como modelo para estimar os efeitos de múltiplos estressores ambientais: uso de técnicas multi-biomarcadores

Processo: 18/06945-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Pesquisador responsável:Danielle Palma de Oliveira
Beneficiário:Flavia Renata Abe
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/10356-3 - Modelos neurodegenerativos de zebrafish e criação de novos ensaios de eficácia, BE.EP.PD
Assunto(s):Toxicologia ambiental   Peixe-zebra   Biomarcadores   Corantes   Praguicidas

Resumo

Apesar dos avanços em pesquisas voltadas à toxicidade de compostos químicos, a enorme quantidade de múltiplos estressores ambientais requer o desenvolvimento de técnicas mais eficientes para caracterizar o perfil toxicológico de um amplo espectro de classes químicas, independentemente de seu mecanismo de ação. O principal objetivo do presente trabalho é desenvolver uma bateria de biomarcadores infra-individuais para a avaliação de múltiplos estressores ambientais, e analisar respostas globais em embriões de Zebrafish (Danio rerio) que refletem o status da saúde humana e ambiental. Os biomarcadores selecionados incluem os relacionados ao sistema de detoxificação e ao estresse oxidativo (glutationa S-transferase, glutationa total, catalase, peroxidação lipídica), ao balanço energético (energia total armazenada, energia total consumida, alocação de energia celular), além do biomarcador de genotoxicidade (ensaio do cometa), baseado no potencial de múltiplos toxicantes em modular respostas de detoxificação e estresse oxidativo que são energeticamente custosas. A eficiência desta bateria de biomarcadores será avaliada usando dois estressores ambientais com uma ampla faixa de mecanismos de ação: praguicidas e corantes. A metodologia também incluirá um cálculo matemático simples para quantificar a eficiência e a sensibilidade da bateria em comparação a convencional CL50. Juntos, estes biomarcadores de alto rendimento, alta sensibilidade e baixo custo indicarão o status geral de saúde dos organismos em relação à exposição aos estressores e seus efeitos, úteis para avaliações de risco de produtos químicos e para monitoramento ambiental, e adequados para serem implementados em laboratórios de pesquisa e em planos de mitigação para prevenir distúrbios na saúde humana e ambiental. (AU)