Busca avançada
Ano de início
Entree

A influência do histórico de dissolução do maciço e das condições climáticas atuais sobre a composição de espécies de plantas vasculares no carste no Brasil

Processo: 18/09379-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica
Pesquisador responsável:Julio Antonio Lombardi
Beneficiário:Pablo Hendrigo Alves de Melo
Supervisor no Exterior: Alexandre Kenneth Monro
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Local de pesquisa : Royal Botanic Gardens, Kew, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:15/13112-7 - Biogeografia de florestas estacionais deciduais sobre afloramentos calcários em diferentes biomas brasileiros, BP.DR
Assunto(s):Limestone   Biogeografia   Calcário

Resumo

Os afloramentos de rocha carbonática cársticos cobrem 2,8% da superfície terrestre do Brasil e ocorrem em todos os biomas. São áreas insulares que possuem grande interesse biogeográfico, principalmente devido à influência das flutuações climáticas históricas na fragmentação e expansão da Floresta Estacional Decidual no Neotrópico. Os afloramentos cársticos são também uma importante fonte de aquíferos e, portanto, de importância estratégica para a produção de água e cimento. As paisagens cársticas podem ser classificadas em dois tipos de modelados de dissolução, que podem ou não ser cobertos pelo solo. Um manto de intemperismo é formado sob condições climáticas úmidas e é removido pela erosão mecânica das fases semi-áridas. Esta pesquisa busca gerar a base de dados florísticos necessários para conhecer a composição de espécies de plantas vasculares no carste no Brasil; e também avaliar como a composição de espécies em afloramentos de rochas carbonáticas no Brasil é influenciada pelo histórico de dissolução do maciço cárstico e condições climáticas atuais. Para isso, direcionaremos busca por registro de espécies no herbário Kew e em bancos dados digitais por meio de palavras chave. Além disso, utilizaremos os dados de revisão da literatura e os resultados do levantamento florístico da tese de doutorado do candidato. Os registros das ocorrências dos espécimes serão limpos e verificados. Para os dados ambientais, classificaremos todo o território brasileiro de acordo com o histórico de dissolução do maciço cárstico e as condições climáticas atuais. A estrutura espacial será uma grade com células de 0,5 grau. Cada célula será classificada de acordo com o histórico de dissolução do maciço cárstico e as condições atuais de precipitação total, temperatura média e duração da estação seca. A composição florística será obtida pela relação das diferentes espécies que ocorreram dentro de cada célula da grade. Para entender a similaridade das células de acordo com a composição de espécies, iremos utilizar dois métodos de análise de cluster. Para verificar a relação entre a composição de espécies e as histórias de dissolução e condições climáticas atuais, usaremos modelos lineares. Finalmente, a correlação entre as variáveis será verificada usando um teste de Pearson. Através dos resultados, espera-se avaliar como a composição de espécies em afloramentos de rochas carbonáticas no Brasil é influenciada pelo histórico de dissolução do maciço cárstico e condições climáticas atuais; Com isso, será possível subsidiar o entendimento dos processos de controle da distribuição da cobertura dos tipos de vegetação na região Neotropical.