Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de um método híbrido para detecção de faltas de alta impedância em sistemas de distribuição de energia elétrica

Processo: 18/14242-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:José Carlos de Melo Vieira Júnior
Beneficiário:Gabriela Nunes Lopes
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Processamento de sinais   Distribuição de energia elétrica   Proteção

Resumo

A detecção de faltas de alta impedância em sistemas de distribuição de energia elétrica tem sido estudada por diversos pesquisadores e empresas em todo o mundo. Dada a natureza variável do comportamento da corrente de uma falta de alta impedância e sua baixa amplitude, detectar sua ocorrência com rapidez e segurança é um desafio, o que é prontamente justificado pelos riscos que este tipo de problema pode causar aos consumidores (mortes, incêndios, prejuízos financeiros etc). Não há uma solução completamente segura para detectar uma falta de alta impedância, de forma que qualquer contribuição para suprir as deficiências de métodos já desenvolvidos se faz necessária. Neste contexto, este projeto de Mestrado visa desenvolver um método híbrido para detectar faltas de alta impedância que utilizará técnicas no domínio da frequência e do tempo para extrair características dos sinais de tensão e de corrente desse tipo de ocorrência. Para validar o método, pretende-se empregar tanto faltas de alta impedância simuladas quanto provenientes de experimentos em ambiente controlado. Além disso, o método proposto se baseará em estudos já desenvolvidos pelo grupo de pesquisa do proponente.