Busca avançada
Ano de início
Entree

Trombose e inflamação: participação da imunidade inata e NETosis na patogênese da hipercoagulabilidade em doenças mieloproliferativas crônicas

Processo: 18/14349-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Joyce Maria Annichino-Bizzacchi
Beneficiário:Franciele de Lima
Instituição-sede: Centro de Hematologia e Hemoterapia (HEMOCENTRO). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/14172-6 - Investigação de aspectos fisiopatológicos e novas abordagens terapêuticas em doenças tromboembólicas, AP.TEM
Assunto(s):Neoplasias da medula óssea   Inflamação   Trombose   Trombofilia   Imunidade inata   Modelos animais de doenças

Resumo

Um braço importante deste projeto temático são estudos que exploram interfaces entre inflamação e trombose. Cada vez mais a hemostasia é reconhecida como parte da imunidade inata, reforçando a importância de um melhor entendimento sobre o papel de elementos da resposta inflamatória na fisiopatologia das tromboses. Neste plano de atividades encontram-se atividades relacionadas a dois subprojetos relativos a este tema. O primeiro aborda a participação da imunidade inata, através da NETose, na fisiopatologia da hipercoagulabilidade nas neoplasias mieloproliferativas crônicas (NMPC). O segundo consiste em estudos sobre o impacto dos estados de hipo ou hipercoagulabilidade no clareamento de patógenos em modelos animais. Ambos constam como subprojetos da proposta inicial.