Busca avançada
Ano de início
Entree

A crise vista da periferia: luta pela mobilidade social nas fronteiras da (i)legalidade

Processo: 19/13125-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Urbana
Pesquisador responsável:Gabriel de Santis Feltran
Beneficiário:Leonardo de Oliveira Fontes
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Periferia   Estratificação social   Desigualdade social   Crise econômica   Mobilidade social   Trabalho informal   São Paulo (SP)

Resumo

A estrutura de estratificação e de desigualdade social brasileiras passaram por mudanças importantes nos últimos anos. Após um período de mobilidade social ascendente dos pobres e a promessa de integração pelo consumo, entre a segunda metade da década passada e meados dos anos 2010, o cenário, hoje, é de crise econômica, com aumento do desemprego e da informalidade. Como essa crise é vivenciada nas periferias e como ela dialoga com expectativas e projetos dos que habitam essas regiões? Quando se olha para as dinâmicas de inserção econômica nas cidades, as tênues fronteiras entre o empreendedorismo, a (in)formalidade e a (i)legalidade têm sido objeto de reflexão na literatura. Este projeto de pesquisa, a ser desenvolvido no International Postdoctoral Program do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento - para o qual o candidato já foi aceito - articula as teorias da estratificação e da desigualdade social à sociologia urbana interessada nas questões ligadas ao mundo do trabalho, de modo a explorar possíveis interlocuções entre elas no atual momento de crise. Por meio de uma pesquisa multimétodos, o objetivo é compreender os mecanismos - entendidos como a articulação entre estratégias particulares e condições estruturais - que operam concretamente na luta em torno da inserção econômica nas periferias de São Paulo, em um contexto de crise. Ao longo da pesquisa planeja-se analisar casos tanto de trabalhadores que atuam em mercados formais e suas trajetórias em torno da mobilidade social ascendente e/ou descendente quanto de pessoas cujas estratégias de contorno do desemprego perpassam mercados urbanos informais e ilegais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FONTES, LEONARDO. Beyond the Institutional Order: Culture and the Formation of New Political Subjects in the Peripheries of Sao Paulo. LATIN AMERICAN PERSPECTIVES, JUN 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.