Busca avançada
Ano de início
Entree

Métodos para aprimorar as propriedades pseudo-aleatórias de mapas caóticos

Processo: 19/14505-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Odemir Martinez Bruno
Beneficiário:João Pedro do Valle Alvarenga
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Teoria do caos   Teoria da informação   Criptologia   Mapas   Estudos randomizados

Resumo

As teorias do caos têm recebido um crescente interesse nas mais diversas áreas do conhecimento. Recentemente um estudo introduziu a abordagem chamada deep-zoom, por meio da qual é possível observar a mudança da dinâmica caótica do sistema tornando-o mais caótico e suas órbitas com propriedades mais apropriadas para geradores de números pseudo-aleatórios (PRNG). Nessa mesma linha de pesquisa que foi cunhada de "randomização'' de mapas caóticos, estão os métodos de discretization e skipping. Recentemente o candidato realizou pesquisa usando o método de composição de mapas com o qual foi observado melhora das propriedades caóticas como gerador de números pseudoaleatório (PRNG). Embora haja muitas propostas que vem usando a teoria do caos para propor PRNGs, são poucos os que se preocupam por melhorar a randomização dos mapas caóticos e consequentemente melhorar tais PRNGs. Assim, este projeto tem como objetivo estudar e comparar novas formas de randomizar mapas caóticos. Para isso, os quatro principais métodos que foram propostos na literatura serão investigados e comparados quando efetivamente usados em PRNGs. Os métodos propostos serão avaliados por meio de testes estatísticos de aleatoriedade tradicionais da literatura. Principalmente com relação à randomização, a proposta do projeto aborda um campo recente que apresenta um novo desafio a comunidade e possui um amplo campo de pesquisa inexplorado a ser desenvolvido. (AU)