Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinâmica da infiltração e escoamento superficial em vertentes com diferentes usos do solo e mudanças climáticas em área de cerrado

Processo: 19/24292-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Edson Cezar Wendland
Beneficiário:Dimaghi Schwamback
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/03806-1 - Disponibilidade hídrica e riscos de contaminação em áreas de afloramento do Sistema Aquífero Guarani, AP.BIOEN.TEM
Assunto(s):Uso do solo   Hidrologia   Modelagem   Infiltração   Mudança climática   Escoamento superficial

Resumo

Com base na crescente demanda alimentícia e energética e nas elevadas alterações ambientais decorrentes da conversão de ambientes naturais em áreas agricultáveis, são fundamentais as pesquisas que busquem a compreensão de como as mudanças antrópicas, por meio da mudança do uso e cobertura do solo, afetam os processos hidrológicos. A compreensão dos processos de infiltração e escoamento superficial é um passo importante para o desenvolvimento de estratégias de garantia da sustentabilidade dos ecossistemas, restauração e preservação da vegetação natural. Desta forma, este trabalho tem como objetivo principal o estudo preliminar acerca de como a ação antrópica, por meio dos cultivos agrícolas, interfere na infiltração e escoamento superficial. O presente estudo será desenvolvido em parcelas experimentais sob diferentes usos do solo encontrados na região Sudeste do Brasil: cana-de-açúcar, Cerrado stricto sensu, soja e solo exposto. Para isso, a área de estudo, já em funcionamento, será monitorada continuadamente ao longo de dois anos por meio de coleta de dados meteorológicos (precipitação, temperatura do ar, radiação solar, velocidade do vento e pressão atmosférica) e hidrológicos (escoamento superficial e umidade do solo). As informações coletadas servirão como dados de entrada, calibração e validação do modelo Hydrus. Uma vez calibrado e validade segundo as particularidades locais, o modelo tornar-se-á uma ferramenta útil para descrever o comportamento hidrológico sob os atuais usos e ocupações solo em áreas do bioma Cerrado. Isso permitirá melhor compreender as respostas hidrológicas a eventos atuais e a análise de cenários futuros sob condições de mudanças climáticas.