Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de técnicas moleculares de nova geração para identificação e monitoramento de espécies de peixes a partir do DNA de ovos e larvas

Processo: 20/07031-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Lara Endres da Silva
Beneficiário:Lara Endres da Silva
Empresa:Ecomol Serviços Administrativos Ltda
CNAE: Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais
Vinculado ao auxílio:19/09089-0 - Desenvolvimento de técnicas moleculares de nova geração para identificação e monitoramento de espécies de peixes a partir do DNA de ovos e larvas, AP.PIPE
Assunto(s):Ecologia molecular   Sequenciamento de nova geração   Código de barras de DNA taxonômico   Monitoramento ambiental   Ovo   Larva   Peixes   Ictiofauna   Ictioplâncton   Usinas hidrelétricas

Resumo

A construção e operação de usinas hidrelétricas alteram drasticamente as características físicas e biológicas dos cursos d'água, influenciando permanentemente a composição das comunidades de peixes e seus ciclos reprodutivos, já que afeta a desova, o fluxo migratório, a conexão de biótopos e microbacias à montante, e a própria formação do ictioplâncton em suas áreas de influência. A identificação e o monitoramento dos ovos e larvas de peixes nessas áreas é, portanto, fundamental para mitigação de impactos negativos, permitindo o reconhecimento de regiões chave para a manutenção e desenvolvimento de determinadas espécies e favorecendo a exploração consciente dos recursos hídricos de uma bacia. Entretanto, a identificação de ovos e estágios larvais é extremamente desafiadora, o que torna a análise molecular de sequências barcodes obtidas diretamente a partir da coleta do ictioplâncton uma alternativa vantajosa para a sua identificação. Nesta proposta, a EcoMol Consultoria e Projetos, uma microempresa especializada em serviços baseados na utilização de ferramentas moleculares de última geração, pretende otimizar e validar a técnica de DNA metabarcoding para a identificação de ovos e larvas de peixes, viabilizando a sua aplicação comercial no levantamento e monitoramento da ictiofauna presente nas áreas influência de usinas hidrelétricas do país. Com base nos resultados de um estudo prévio realizado pela empresa, pretende-se aqui superar quatro grandes desafios técnicos relativos à extração de DNA, ao sequenciamento em plataforma de nova geração e à análise dos resultados, aumentando a qualidade dos dados gerados e reduzindo os custos associados. A legislação ambiental vigente no Brasil, no que condiz à implantação e execução de projetos no setor hidrelétrico, prevê estudos de levantamento da composição e monitoramento da ictiofauna presente nas suas áreas de influência. Tais estudos devem ser realizados antes, durante e depois da instalação dos empreendimentos, atuando muitas vezes como condicionantes das etapas do licenciamento para obtenção das Licenças Prévia (LP), de Instalação (LI) e de Operação (LO). Tendo em vista o elevado número de usinas em operação na Bacia Amazônica (191) e daquelas que ainda serão construídas até o ano de 2030 (246), espera-se grande demanda de estudos para identificação de ictioplâncton nas regiões afetadas por esses empreendimentos. Entretanto, não é de nosso conhecimento a existência de publicações científicas relacionadas ao tema ou à própria técnica no Brasil, assim como a existência de empresas competidoras que prestem serviços similares, o que evidencia um nicho com potencial ainda inexplorado e torna o produto/serviço a ser oferecido pela EcoMol Consultoria e Projetos extremamente inovador, num contexto de grande necessidade de dados robustos e comparáveis, e de carência tecnológica para desenvolvimento do setor. (AU)