Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da deleção do LepR em neurônios AgRP/NPYARC sobre a atividade do eixo Hipotálamo-Hipófise-Adrenal em camundongos jejuados.

Processo: 20/07413-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Rodrigo César Rorato
Beneficiário:Carla Martins Fraga
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/17968-6 - Circuitaria e fenótipos neuronais hipotalâmicos envolvidos no acoplamento da atividade do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal às alterações da homeostase energética, AP.JP
Assunto(s):Leptina   Jejum

Resumo

Alguns grupos de pesquisa sugerem que a hiperativação do eixo Hipotálamo-Hipófise-Adrenal (HHA) parece contribuir para o estabelecimento de patologias que tem tido sua incidência aumentada em decorrência do estresse da vida moderna, como obesidade e Síndrome Metabólica. As ações adipogênicas mediadas pelo produto final do eixo HHA, os glicocorticoides, corroboram esta teoria. De modo interessante, parece existir um acoplamento entre a atividade deste eixo e os estoques periféricos de energia, determinados pelo hormônio leptina. Os receptores de leptina (LepR) são expressos abundantemente em neurônios do ARC, os quais projetam-se densamente para os neurônios CRF do PVN (CRFPVN); o principal modulador da atividade do eixo HHA. Assim, considerando as informações acima e o fato do fenótipo neuronal e da neurocircuitaria envolvida no acoplamento da atividade do eixo HHA aos estoques periféricos de energia serem desconhecidos, o presente estudo pretende: 1) Determinar a necessidade e a suficiência da sinalização da leptina nos neurônios AgRP/NPY (AgRP/NPYARC) para a normalização das concentrações plasmáticas de corticosterona em animais jejuados por meio de deleção gênica seletiva utilizando o sistema Cre-LoxP. Nosso estudo possibilitará a identificação dos subtipos neuronais e do neurocircuito envolvido na regulação da atividade do eixo adrenal durante o estresse nutricional e poderá contribuir para a identificação de novos e específicos alvos terapêuticos importantes para o tratamento de distúrbios metabólicos.