Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de vacina anti-SARS-CoV-2 utilizando VLPs

Processo: 20/09404-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Gustavo Cabral de Miranda
Beneficiário:Larissa Vuitika
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/05146-7 - Desenvolvimento de vacina anti-SARS-CoV-2 utilizando VLPs, AP.R
Assunto(s):Desenvolvimento de vacinas   Vacinas de partículas semelhantes a vírus   Coronavirus da síndrome respiratória aguda grave 2   Betacoronavirus   COVID-19   Pandemias   Infecções por Coronavirus

Resumo

O vírus emergente SARS-CoV-2 surgiu na China, com fácil propagação e letalidade significativa. Em menos de três meses de sua identificação já causou mais de 30.000 mortes em todo o mundo e com um crescente número de fatalidades. Como é um vírus novo introduzido na população humana, não há população imune; tem fácil propagação e a letalidade varia de 1 a 16% de acordo com país, faixa etária e comorbidades. Na ausência de uma vacina ou tratamento específico, a pandemia está paralisando continentes inteiros. Neste projeto, visamos utilizar a plataforma de vacinas baseadas em partículas vírus símile (Vírus Like Particles, ou VLP) conjugando sequências peptídicas do SARSCoV-2 aos Q²VLPs e VP1VLPs da proteína Spike utilizando-os como mecanismo de entrega de antígenos peptídicos aos componentes celulares do sistema imunológico. Vale ressaltar que este projeto foi rapidamente adaptado para o desenvolvimento de uma vacina eficaz e segura anti o SARS-CoV2 ao projeto Jovem Pesquisador, processo número: 2019/14526-0. Devido a isso, já estamos trabalhando em selecionar os melhores antígenos para ser conjugado aos VLPs devido a enorme urgência que este momento histórico nos exige. (AU)