Busca avançada
Ano de início
Entree

Biossíntese do roussoellatideo, um policetídeo isolado do fungo Roussoella sp. DLM-33

Processo: 20/11691-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Beneficiário:Darlon Irineu Bernardi
Supervisor no Exterior: Russell John Cox
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Leibniz Universität Hannover, Alemanha  
Vinculado à bolsa:16/21341-9 - Metabólitos secundários hidrossolúveis e bioativos produzidos por fungos filamentosos, BP.DD
Assunto(s):Biologia computacional   Biossíntese   Manipulação genética   Microbiologia   Química de produtos naturais   Fungos   Policetídeos

Resumo

Investigação do meio de cultura do fungo Roussoella sp. DLM-33 possibilitou o isolamento e identificação de um novo policetídeo clorado, roussoellatideo,que apresenta um esqueleto de carbono sem precedentes. A via biossintética proposta para a formação do roussoellatideo foi investigada por experimentos de marcação isotópica com precursores marcados. Foi postulado que para a formação desde esqueleto único de carbono, requer pelo menos dois rearranjos do tipo Favorskii e uma cicloadição intermolecular [4 + 2]. Essas reações são extremamente raras na natureza e carecem de caracterização bioquímica. O objetivo principal desta proposta é lançar luz sobre os genes que codificam a expressão de enzimas do tipo Favorskii-oxidases e Diels-Alderases usando a mineração do genoma e engenharia genética. Mutantes a partir de deleção gênica serão gerados para confirmar a associação dos genes candidatos com a formação dos intermediários de biossíntese do roussoellatideo. Uma investigação profunda da biossíntese única desse policetídeo irá expandir o escopo de enzimas de biossíntese incomuns do metabolismo secundário de fungos filamentosos. (AU)