Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da expressão do ligante celular de morte programada (pd-l1) e do infiltrado de células t citotóxicas e regulatórias como fatores prognósticos em tumores de mama de cadelas

Processo: 20/14891-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Ricardo de Francisco Strefezzi
Beneficiário:Ingrid Kester Lima Silva
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia   Neoplasias mamárias   Imuno-histoquímica   Receptor de morte celular programada 1   Prognóstico   Cães

Resumo

O câncer tem sido relatado como a principal causa de morte em cães, ultrapassando as doenças infecciosas. Nas cadelas, os tumores de mama são os mais comuns, correspondendo a cerca de 50% dos casos. Estudos que elucidem melhor a patogênese tumoral e que tenham como objetivo melhorias no tratamento e na prevenção do câncer são necessários para melhorar a qualidade dos tratamentos. O PD-1 é uma molécula de ponto de verificação imune expressa na superfície das membranas de células T. Quando se une ao seu ligante PD-L1, sinais negativos são propagados para as células T, mecanismo supressivo de suma importância para o controle da resposta imune. Porém, esse mecanismo de proteção pode ser utilizado também pelas células tumorais, que podem expressar a proteína PD-L1 em suas superfícies e utilizá-la mecanismo de evasão da resposta imune. O bloqueio do eixo PD-1/PD-L1 usando um anticorpo anti-PD-L1 já é utilizado em humanos para o reconhecimento e eliminação de células tumorais. A expressão de PD-1 e PD-L1 em medicina veterinária já foi analisada em várias espécies animais, porém, são escassas as informações a cerca da expressão de PD-L1 em cães com câncer de ocorrência natural. Portanto, fica evidente a necessidade da iinvestigação e caracterização destes novos marcadores prognósticos, que podem fornecer informações mais precisas acerca de metástases, sobrevida global e intervalo livre da doença. Os objetivos do presente projeto consistem na caracterização da expressão do ligante celular de morte programada (PD-L1) e do infiltrado de células T citotóxicas e regulatórias como fatores prognósticos em tumores de mama em cadelas. A expressão de PD-L1 e os infiltrados de células T serão analisados em 200 amostras de neoplasias mamárias de diferentes tipos histopatológicos. Os resultados obtidos serão comparados entre os tipos histológicos e com a sobrevida pós-cirúrgica. (AU)