Busca avançada
Ano de início
Entree

Fotobiomodulação com dosagem progressiva associada a um protocolo de exercício resistido: efeitos no nível de dor e qualidade de vida de mulheres com fibromialgia: um estudo controlado, randomizado e cego

Processo: 20/01622-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Ana Claudia Muniz Renno
Beneficiário:Ana Beatriz Balão
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Fibromialgia   Terapia a laser de baixa intensidade   Fisioterapia   Exercício físico   Dor   Qualidade de vida

Resumo

A fibromialgia (FM) é caracterizada pela dor muscular generalizada crônica, que acomete principalmente mulheres. Vários estudos já mostraram que exercícios físicos resistidos são efetivos para a melhora da dor e da qualidade de vida desta população; outros estudos já mostraram que a fotobiomodulação (FBM) também é efetiva neste sentido. No entanto, não há consenso na literatura a respeito dos melhores parâmetros de FBM para tratar pacientes com FM, bem como o melhor tipo de exercício utilizado. Assim, o objetivo deste estudo será verificar o efeito da associação de um programa de exercícios resistidos e FBM na dor e na qualidade de vida mulheres com FM. Vinte mulheres serão randomizadas e divididas em dois grupos: GEFA: grupo exercício resistido e FBM ativa ou GEFP: grupo exercício resistido e FBM placebo. Durante a avaliação clínica, serão aplicados a Escala Visual Analógica (EVA) de Dor, Somação temporal da Dor, Modulação Condicionada da Dor, os questionários Impacto da Fibromialgia (FIQ); Medical Outcomes Study 36-item Short Form Health Survey (SF-36), nível de atividade física (IPAQ), e avaliação da força muscular. As intervenções com exercício físico resistido e FBM terão duração de 12 semanas, 2 vezes por semana. A análise estatística incluirá a descrição das variáveis, tanto qualitativas como quantitativas. A correlação entre as variáveis também será analisada. Será adotado um nível de significância de 5%. (AU)