Busca avançada
Ano de início
Entree

Programação em R e em Python aplicados a sensoriamento remoto da vegetação

Processo: 23/04553-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de maio de 2023
Vigência (Término): 30 de junho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Acordo de Cooperação: SEBRAE-SP
Pesquisador responsável:Rennan Andres Paloschi
Beneficiário:Lucas Barbosa Cavalcante
CNAE: Tratamento de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na internet
Vinculado ao auxílio:21/11860-7 - Picsel: uma nova plataforma para proteger os produtores rurais contra intempéries climáticas via seguro agrícola: da cotação do seguro até a gestão dos sinistros, AP.PIPE
Assunto(s):Agricultura   Python   Sensoriamento remoto
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Agricultura | python | Sensoriamento Remoto | Sensoriamento Remoto

Resumo

O bolsista será responsável pela atualização, organização e depuração da base de dados com as variáveis de sensoriamento remoto da vegetação cultivada. Esta base de dados de sensoriamento remoto da vegetação será utilizada como insumo na modelagem por processos e na identificação de cultivos e datas de plantio e colheita. Necessita-se entender a interação entre a radiação solar e a condição atual da planta, ou seja, qual o impacto da saúde atual da planta na resposta espectral das imagens de satélite, de forma com que as diferentes respostas nas imagens de satélite possam ser utilizadas para inferir reduções na produtividade. Identificação por sensoriamento remoto das datas onde ocorre manejo das culturas (i.e.: semeadura, colheita.), que serão utilizadas para a estimação das produtividades utilizando o sistema DSSAT e modelos de machine learning. Importante ressaltar que na Fase II do PIPE elevar-se-á o grau de complexidade e precisão dos resultados ao utilizar não somente as informações de clima, solo e genética, mas também a integração de dados provenientes de sensores orbitais, para obter séries de produtividades em uma escala de 250x 250 m².

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)