Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e caracterização de um hidrogel injetável com nanotubos carregados com baicaleína para terapia pulpar vital

Processo: 23/09231-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2024
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Marcelo Giannini
Beneficiário:Beatriz Ometto Sahadi
Supervisor: Marco Cicero Bottino
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Michigan, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:21/11972-0 - Avaliação do efeito potencial antimicrobiano de primers experimentais contendo flavonóides na desinfecção cavitária e nas propriedades mecânicas da dentina afetada por cárie utilizando um modelo de biofilme microcosmo, BP.DR
Assunto(s):Flavonoides   Hidrogéis   Nanotubos   Dentística restauradora
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:flavonóide | hidrogel | nanotubos | terapia de pulpar vital | Dentística Restauradora

Resumo

Este estudo desenvolverá e avaliará um hidrogel de metacriloil (GelMA) fotorreticulável injetável com nanotubos carregados com flavonóide baicaleína (BA) como uma estratégia biocompatível e biodegradável para liberar BA para terapias vitais da polpa. Este estudo utilizará o flavonoide baicaleína nas concentrações de 10 mM e 20 mM. Este composto será encapsulado em um nanotubo de aluminossilicato de haloisita e posteriormente em GelMA. Em detalhes, uma série de hidrogéis baseados em formulações de GelMA contendo diferentes quantidades de nanotubos carregados com BA serão analisados quanto às propriedades físico-químicas, mecânicas e cinéticas de liberação de BA, bem como compatibilidade com células-tronco mesenquimais de humanos dentes decíduos esfoliados. A avaliação da microestrutura do hidrogel será analisada por microscopia eletrônica de varredura. Os efeitos da citotoxicidade dos hidrogéis GelMA carregados com BA na viabilidade celular serão determinados por ensaios de MTT (n = 5). A capacidade de intumescimento dos hidrogéis à base de GelMA será determinada usando a hidratação conhecida dos géis (n = 4), e a análise de degradação será avaliada em intervalos de tempo pré-determinados até 21 dias (n = 4). A matriz mineralizada de dentina será analisada por até 28 dias (n = 8) e corada com vermelho de alizarina, seguida de medição de absorbância. Para determinar a quantidade de fármaco liberado do GelMA modificado com nanotubo carregado com BA, diferentes amostras de hidrogel (n = 4) serão formuladas e analisadas por um espectrofotômetro UV-vis por até 28 dias. Será examinada a atividade antimicrobiana por meio de testes de contato direto e indireto (n = 6) e a capacidade antibiofilme (n = 6). Os dados serão verificados quanto à normalidade e variâncias iguais, e testes paramétricos ou não paramétricos adequados serão aplicados dependendo de sua distribuição. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)